Na 16ª temporada

Inclusiva, Grey's Anatomy faz história com primeira médica surda da TV

Divulgação/ABC

A atriz Shoshannah Stern em episódio histórico de Grey's Anatomy; ela interpreta uma médica surda

A atriz Shoshannah Stern em episódio histórico de Grey's Anatomy; ela interpreta uma médica surda

REDAÇÃO - Publicado em 13/02/2020, às 14h02

Reconhecida como uma série inclusiva, com diversidade sexual e racial em seu elenco, Grey's Anatomy fará história mais uma vez. No episódio a ser exibido nesta quinta-feira (13) nos Estados Unidos, o drama hospitalar apresentará ao público a primeira médica surda da história da TV aberta norte-americana.

A atriz Shoshannah Stern viverá Lauren Riley no capítulo chamado de Save the Last Dance for Me, o 13º terceiro da 16ª temporada. Ela vai contracenar com Giacomo Gianniotti (o cirurgião residente Andrew DeLuca) e com Sarah Rafferty (de Suits, 2011-2019), que vive uma paciente aparentemente incurável. Andrew vai buscar ajuda de Lauren, perita em diagnósticos.

Shoshannah não chegou de mãos vazias para interpretar sua personagem. A atriz fez muita pesquisa sobre médicos surdos e mostrou para os roteiristas de Grey's Anatomy que profissionais nessas condições são mais eficientes no diagnóstico de doenças do que a média dos médicos com audição perfeita. E é nesse cenário que a Lauren fará sua contribuição.

Em entrevista para o site da Variety, com ajuda de uma intérprete, Shoshannah contou que a produção da série também fez o dever de casa. "A equipe de Grey's Anatomy foi acompanhar o trabalho de médicos surdos para ter a certeza de que o que seria encenado no episódio fosse compatível com a realidade", contou a atriz.

A showrunner da série, Krista Vernoff, também falou para a Variety sobre esse marco histórico. A produtora foi sincera ao comentar que não sabia disso ao criar a personagem de Shoshannah. "Foi para mim uma grande surpresa. Como isso nunca [uma médica surda] tinha acontecido?", questionou.

As duas se conheceram em 2019 nos bastidores do seminário da TCA (Associação de Críticos de Televisão dos Estados Unidos), evento que a cada seis meses reúne os profissionais de TV de todas as áreas. Shoshannah estava lá para falar sobre a representatividade de pessoas com deficiência (PcD) nas séries.

No papo entre Krista e Shoshannah, a atriz explicou como é difícil conseguir um bom papel em alguma produção roteirizada. E ali mesmo, na hora, a produtora a convidou para ser uma médica em Grey's Anatomy.

Esse episódio específico de Grey's Anatomy será bem curioso. Como uma médica surda se comunica na sala de cirurgia, com os médicos conversando usando máscaras, tapando a boca? Quais são as linguagens de sinais para termos específicos da Medicina? "A verdade é que há poucos sinais para palavras médicas justamente porque existem poucos médicos surdos", explicou Shoshannah à Variety. "O que limita o acesso a essa área, consequentemente."

Por isso, a decisão de Grey's Anatomy de incluir uma médica surda na trama tem um significado grandioso. "Para uma médica surda ser tratada como normal, é preciso que isso seja mostrado mais. Eu espero que com Riley as pessoas vejam aquilo como normal, como uma realidade. Quem sabe Grey's mude o modo de pensar do público nesse sentido", concluiu Shoshannah.

A 16ª temporada é exibida no Brasil pelo Sony Channel, com episódios inéditos no ar nas noites de terça-feira, sempre às 21h. As outras 15 temporadas estão disponíveis na Netflix. 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook