Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

EM RECUPERAÇÃO

Sertanejo Cauan recebe alta do hospital duas semanas após internação por Covid-19

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O cantor sertanejo Cauan com roupa de hospital azul, deitado na maca, com respirador no nariz

O cantor Cauan, internado no Hospital Anis Rassi, em Goiânia, em entrevista ao Encontro na terça (25)

REDAÇÃO

Publicado em 26/8/2020 - 10h32

Duas semanas após ser internado com Covid-19, o sertanejo Cauan Máximo, da dupla com Cleber, recebe alta na manhã desta quarta-feira (26) do Hospital Anis Rassi, em Goiânia. Assessoria de imprensa do músico informou que ele será liberado para continuar o tratamento e se recuperar da doença respiratória em sua casa, ao lado da família.

Internado desde o dia 12 de agosto, Cauan chegou a ficar com 70% do pulmão comprometido, de acordo com um dos primeiros boletins médicos. O cantor começou a ter os sintomas da doença no dia 7 deste mês e foi hospitalizado após sentir fortes dores, apresentar febre alta e realizar alguns exames.

Em seu perfil no Instagram, Cauan compartilhou um vídeo em que faz uma oração. "Fui despertado bem cedinho aqui no hospital e acredito que foi por Deus para fazer uma oração, Deus colocou uma oração no meu coração, e eu queria compartilhá-la com vocês esse momento", disse o intérprete da música Quase. 

Confira a publicação feita no Instagram: 

View this post on Instagram

Olhem a oração que Deus colocou hoje no meu coração.

A post shared by Cauan Máximo (@cauancec) on

Em entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes na terça (25), Cauan revelou que pensou em morrer na UTI porque queria mais sofrer. "Eu sentia que não tinha mais saída", declarou ele. Dupla de Cleber, o artista disse que teve pensamentos negativos sobre o tratamento da doença.

"Em dois momentos que me lembro, eu não sei nem explicar o que eu sentia. Pensava que se eu morresse seria melhor. Eu preferia morrer, me deu uma coisa muito ruim", disse ele. Questionado pela apresentadora da Globo sobre ter debochado do coronavírus em março, o cantor afirmou ter se arrependido.

"Eu não cheguei a perceber [a gravidade]. Eu tinha comprado o oxímetro, por orientação do meu irmão [Fernando Máximo, médico que está cuidando dele] e se a frequência estivesse abaixo de 93, eu teria que ir ao hospital. E já estava abaixo, mas não queria ir. Porque eu sabia que se fosse teria que ser internado", contou.

Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?