Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO OLHO DO FURACÃO

'Nunca fui amante', diz Lívia Andrade em nota de repúdio por condenação pública

LEO FRANCO/AGNEWS

Lívia Andrade na live da Villa Mix em novembro de 2020

Lívia Andrade na live da Villa Mix em novembro de 2020; apresentadora envolvida em separação polêmica

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/1/2021 - 16h40
Atualizado em 3/1/2021 - 17h13

Lívia Andrade decidiu ir à Justiça por causa da polêmica envolvendo o divórcio de Pétala Barreiros e Marcos Araújo, dono do festival Villa Mix. Apontada como pivô da separação, a apresentadora que já havia se manifestado publicamente entrou com uma ação contra a jovem e, neste domingo (3), emitiu uma nota de repúdio por estar sofrendo uma "condenação pública". "Nunca fui amante de ninguém", declarou.

A ex-contratada de Silvio Santos publicou o comunicado em seu Instagram e se declarou solteira diante da polêmica envolvendo sua vida pessoal. Ela também afirmou que vai processar quem tentar difamá-la ou desonrá-la publicamente.

Segundo Pétala, o relacionamento de Lívia com Araújo, que também é presidente e CEO da Audiomix e empresário de artistas conhecidos como Alok e Gusttavo Lima, teria começado em novembro de 2019. O próprio ex-marido teria confirmado a informação.

Por ter seu nome envolvido, Lívia recebeu uma enxurrada de críticas. A ex-mulher do empresário, por sua vez, pediu que os internautas não atacassem a artista. Segundo ela, a apresentadora estaria sendo manipulada por Araújo.

Lívia, então, publicou um texto de repúdio ao que ela vem sofrendo e caracterizou o momento como "condenação pública totalmente injusta e incoerente". Leia a íntegra:

"Levantar a bandeira da mulher não significa prejudicar, destruir ou desconstruir a história de outra mulher que trabalhou e batalhou por respeito a vida inteira.

Eu, Lívia Andrade, comecei a trabalhar quando criança, sou arrimo da família, sempre levei uma vida pessoal discreta pautada em princípios e valores, abdiquei inclusive de ser mãe em nome do meu trabalho e carreira.

Essa condenação popular não desconstrói só a mim, mas inúmeras mulheres que lutaram por sua independência pessoal e profissional. 

Hoje me encontro solteira, independente como sempre, nunca fui amante de ninguém, prezo pelo meu caráter, dignidade e não devo satisfação da minha vida afetiva.

Toda e qualquer pessoa que tentar me difamar, desonrar, me desconstruir profissionalmente, moralmente e na condição de mulher, será processada e irei cobrar indenização. Automaticamente doarei para entidades que cuidam dos direitos e defesa da mulher.

Desejo um lugar de respeito a todas as mulheres e que, empatia e sororidade seja uma realidade, diferente do momento que estou vivendo agora, pois ocorre uma condenação pública totalmente injusta e incoerente.

Os verdadeiros responsáveis envolvidos nesse caso estão bem assessorados e amparados juridicamente, vamos aguardar a decisão judicial, e que a justiça seja feita.

Como mulher pública que sou, farei valer os meus direitos, para que encorajem outras mulheres a denunciarem toda e qualquer forma de violência imediatamente. Denuncie 180.

Lívia Andrade
Dr. Fábio Costa
Advogado"

Veja publicação de Lívia Andrade no Instagram:


Entenda o caso

O relacionamento de Marcos Araújo e Lívia Andrade foi divulgado pela Quem em 28 de dezembro. Na mesma semana, Pétala Barreiros, ex-mulher do empresário, desabafou ao dizer que foi traída durante o período em que eles estavam juntos.

O perfil Garoto do Blog, página de fofoca no Instagram, afirmou, sem citar nomes, que o relacionamento de um empresário com uma atriz surgiu a partir de uma traição. Os internautas associaram as histórias e começaram a questionar Pétala sobre o caso.

Com a polêmica criada, a influenciadora digital falou sobre a traição, sem citar o nome de Lívia: "Não vou desmentir porque eu vi por fotos na minha casa, de um casal que estava lá. Depois, ele mesmo me confirmou".

Acusada de ter sido amante, a ex-estrela do SBT rebateu as declarações da ex-mulher de Araújo em um longo vídeo publicado em 30 de dezembro. A apresentadora se revoltou com a modelo. "Esse assunto é uma sujeira", declarou.

"Minha vida amorosa: eu já casei, já separei, já casei de novo, já voltei, e a vida segue. Eu não tenho que vir aqui dar satisfação. E isso não é esconder, é apenas não expor. Trato as coisas pessoais no pessoal", disse a loira.

Ela também compartilhou um print de uma conversa no WhatsApp em que mostrava a distribuição de um processo criminal protocolado no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Ela entrou com uma ação contra a influenciadora.

No decorrer dos dias, Pétala foi às redes sociais desabafar sobre o relacionamento abusivo que viveu com o ex-marido. A mãe dos dois filhos de Araújo --Lorenzo, de seis anos, e Lucas, de apenas um mês--, concedeu também uma entrevista para Antonia Fontenelle em que relatou ter engravidado aos 14 anos do primeiro herdeiro.

Diante da exposição, a jovem passou a receber ameaças em seus perfis. Assustada, foi até a Casa da Mulher Brasileira, no Cambuci, na véspera de Ano-Novo. O espaço de acolhimento especial possui uma Delegacia de Defesa da Mulher.

Aos prantos, ela declarou que teme pela própria vida, pelos filhos e seus familiares. Citado por Pétala em suas gravações, Araújo acionou sua defesa.

Em nota pública enviada à imprensa em 31 de dezembro, Luiz Flávio Borges D'Urso, advogado do empresário, declarou que seu cliente ficou surpreso ao tomar "conhecimento dos ataques e graves mentiras que a senhora Pétala vem promovendo contra ele em mídias sociais, sem qualquer motivação".

"O senhor Marcos Aurélio reitera que confia na justiça e que tudo restará resolvido e esclarecido, tanto no juízo de família, como no juízo criminal, pelas medidas que serão tomadas contra quem quer que seja, para restabelecer sua honra e reputação, bem como de sua empresa, que tem sofrido prejuízos decorrentes destas divulgações de acusações falsas", continuou.

No sábado (2), a Justiça de São Paulo acatou um pedido de medida protetiva solicitado pelos advogados de Pétala e determinou que o ex-marido da jovem está proibido de "se aproximar dela por menos de 300 metros e de manter qualquer tipo de contato".

A decisão favorável à influenciadora foi concedida pela juíza Juliana Pitelli da Guia, que justificou a proibição "a fim de preservar a integridade física e psicológica da ofendida [Pétala]". Em caso de descumprimento, o empresário pode ser preso.

Neste domingo (3), a jovem publicou um vídeo nos Stories do Instagram explicando que recebeu a visita de um oficial da Justiça com a intimação que a impede de prosseguir com as declarações nas mídias. Ela está proibida de falar sobre Araújo.

"Estou aqui pra contar para vocês que acordei com um oficial de Justiça aqui em casa, acabei de receber uma intimação dizendo que não posso falar mais nada aqui na internet. Se eu falar, terei que pagar uma multa diária de cinco mil reais. Como eu não tenho o dinheiro, não vou mais falar", finalizou.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?