Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MÁGOA

Mara Maravilha alfineta Xuxa Meneghel: 'Pode ser rainha, mas coroa enferruja'

DIVULGAÇÃO/RECORD

A apresentadora Mara Maravilha de mãos dadas com Xuxa Meneghel no programa Xuxa Meneghel, da Record

Mara Maravilha e Xuxa Meneghel no programa da eterna rainha dos baixinhos na Record

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 10/5/2021 - 9h00

Magoada após ter tido desentendimentos com Xuxa Meneghel, Mara Maravilha alfinetou a eterna rainha dos baixinhos. "Pode ser rainha, mas uma hora tem que passar a coroa porque enferruja", declarou a apresentadora do SBT, que está fora do ar atualmente.

Em entrevista à revista Quem, Mara falou sobre sua relação com Xuxa, Eliana Michaelichen e Angélica --trio de apresentadoras loiras que mantêm um grupo no WhatsApp, do qual Mara não faz parte. Recentemente, a mãe de Sasha Meneghel recusou fazer uma live com a morena, o que causou um climão entre as duas.

"Na verdade, eu não entendi. Eu já tinha ido a programas dela na Record e na Argentina. Então, nossa história é estritamente artística? Ah, então beleza. Cada uma sabe o que tem dentro de si. Continuo tendo o mesmo amor por ela, mas com uma visão diferente", avaliou Mara. 

"O estopim veio justamente na época em que eu e minha família estávamos com Covid-19. Não estava fazendo sensacionalismo em cima disso, e aí veio um comentário do Junno [Andrade, cantor e namorado de Xuxa] em uma foto delas: 'Esse, sim, é um grupo mara'", relembrou a funcionária do SBT. 

A artista entendeu que o ator lhe mandou uma indireta no comentário. "Entenda: não fui eu quem começou. Ninguém é obrigado a andar com ninguém, mas também não cutuquem a onça com vara curta. Repito: se quer paz, amém; se quer guerra, me fala", avisou ela, citando uma música de Jojo Todynho. 

"As pessoas começaram a falar que o Junno foi inconveniente, que tirou com a cara da Mara, que a Mara estava sentida… Enquanto eu estava na minha. Esta é a primeira vez que estou desenrolando e contando a história em detalhes, desde a trollagem da Sabrina [Sato]. Escrevi lá: 'este grupo é mara e o Junno é mala'. Ado-ado-ado, cada um no seu quadrado", explicou.

"Pode ser rainha, mas uma hora tem que passar a coroa porque enferruja. Eu vou continuar sendo maravilha e sou a típica brasileira. Gosto muito das loiras, mas sou morena, graças a Deus", debochou a ex-apresentadora do Fofocalizando. 

Sobre a relação com as apresentadoras Angélica, Eliana e Xuxa de uma forma geral, Mara Maravilha negou ter mágoas das colegas. "Com Eliana, sempre tive uma relação ética, de respeito, admiração, sem nenhum deslize e até de amor. Temos uma relação de sororidade", defendeu.

"A polêmica começou, na verdade, com a Sabrina Sato. Ela fez uma live com a Angélica e a pegou de surpresa dizendo: 'A Mara está pedindo para entrar no grupo'. Nunca pedi. A culpada foi a Sabrina (risos). Sabrina trollou a Angélica, e eu nunca pedi isso. Ela que falou para Angélica que eu pedi para entrar no grupo. Eu nunca pedi. Afinal, eu sou a morena, né? (risos)", constatou. 

"Essa história é de geração, mas continuo sendo a morena que reina. Às vezes, sai na imprensa algo que você nem cogitou. Mágoa? Eu não. Estou feliz com um maridão de 32 anos, estou bem, com saúde, com um filho que me dá alegria. Vou ligar para grupinho de WhatsApp?", questionou a artista.

"Depois da confusão, cheguei a ir ao programa da Eliana --que é sempre muito respeitosa comigo e sempre valorizou minha história. Com a Eliana, eu consegui me resolver direto. Com a Xuxa, sempre tive uma relação de ir aos programas dela na Globo, na Record, na Argentina. Ela vai ser sempre a rainha, mas sempre que participei de programas com ela, a audiência subiu", disse.

"No ano passado, meu assessor ligou para a assessora dela para pedir uma live, e aí tivemos uma recusa. Como assim? Eu sempre fui aos programas dela. Acho que as coisas mudaram e não são mais como antigamente. Ao dizer que a relação não é mais a mesma, não quer dizer que eu não tenha sentimentos bons", decretou a ex-apresentadora infantil.

"Já existiu muita polêmica, muita calúnia… Mas a Angélica sempre fez a egípcia. É o jeito dela e respeito. Mas digo que, se ela virar primeira-dama, o papel de egípcia não cairá bem", finalizou a estrela, sobre a possibilidade de Luciano Huck se candidatar à Presidência do Brasil. 

Confira uma entrevista de Mara Maravilha no programa de Xuxa Meneghel:


Leia também

Web Stories

+
Bastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?