Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

IMAGEM DISTORCIDA

Fora do BBB21, Arthur nega fama de agressivo e desabafa sobre ameaças

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O ex-BBB 21, Arthur Picoli, com camieta e blazer preto, posando para foto

Arthur Picoli, ex-BBB 21, contou que sua família sofreu ameaças enquanto estava no programa da Globo

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 22/5/2021 - 11h01

Desde que saiu do BBB21, Arthur Picolitem deixado claro sua indignação com as ameaças que seus familiares receberam durante sua passagem pelo programa. Além de ficar cansado de lidar com os haters na internet, o ex-brother se emociona com o impacto que tudo teve na vida dos pais. Na espera de que os ataques acabem de vez, o educador físico ainda tem que se preocupar em negar a fama de agressivo que ganhou no reality da Globo.

Em entrevista ao site da revista Quem, o ex-participante não negou o choque que teve ao sair do programa e descobrir que os pais estavam sendo ameaçados. "Fiquei bem assustado ao ver os ataques que estavam recebendo, especialmente a minha mãe. Minha família é muito simples, de interior. É recatada. Eu nunca tinha visto meu pai chorar. Quando cheguei em Conduru [ES], fui abraçá-lo e ele desabou", contou.

Arthur revela que recebeu ataques de todos os lados, inclusive de famosos. "Eles [os pais] chegaram a pedir para o programa, via minha irmã, pela minha saída. Por duas vezes. Minha mãe recebeu mensagens horríveis. Teve uma pessoa que disse: 'Prepare o caixão, que a gente vai buscá-lo no Projac dentro de um'", revelou ele.

Com todas essas ameaças, a mãe do ex-crush de Carla Diaz não queria mais que o filho voltasse para o Rio de Janeiro nem viajasse para São Paulo. "Ela não quer que eu fique saindo. Vou ter que mudar de condomínio. Foram coisas que aconteceram que não foram legais", constatou.

Fama de mau

Vigiado 24 horas por dia, Arthur teve atitudes dentro da casa que lhe renderam a fama de agressivo fora do confinamento. No programa, ele chegou a se envolver em discussões com outros participantes, como Juliette e Fiuk. 

Mas ele assegura que "na vida real" é uma pessoa tranquila e nada agressiva. "Eu sempre procurei agir, lá dentro, com a verdade. Como sou aqui fora. Você chega lá dentro e tem que viver o reality. Fazer as coisas que o jogo impõe. Eu sabia que ia ser de verdade. Eu só não sabia que ia aflorar em mim um lado que não aflorava há muito tempo", admitiu.

"Não existe, na real, um lado de Arthur bravo que briga em festa, por exemplo, até porque eu nunca briguei, nunca dei um soco em alguém. Mas esse Arthur já foi problemático em campo [de futebol] jogando, por exemplo. O Arthur que xinga, que grita, que era capitão do time, foi o que apareceu ali para o Brasil ver", esclareceu.

Ele assumiu que no jogo não precisava de amigos, mas tinha que ganhar, ver resultados. "Quem falou que sou agressivo, bravo, babaca, é porque não me conhece aqui fora e não sabe as coisas pelas quais passei quando saí. Mas estou tranquilo, estou colhendo os frutos. O pior já passou", comemora. 


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?