Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'SEM SAÍDA'

Cantor Cauan quis morrer na UTI após diagnóstico de Covid-19

Reprodução/TV Globo

Cantor Cauan com roupa de hospital azul, deitado na maca, com respirador no nariz

O cantor Cauan, internado no quarto do Hospital Anis Rassi, em Goiânia; ele tem previsão de alta para quarta (26)

REDAÇÃO

Publicado em 25/8/2020 - 11h30

O sertanejo Cauan revelou que quis morrer na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Anis Rassi, em Goiânia, após apresentar complicações da Covid-19. O cantor disse que não queria mais sofrer. "Eu sentia que não tinha mais saída", declarou o músico em entrevista ao Encontro com Fátima Bernarde desta terça-feira (25).

Dupla de Cleber, o artista disse que teve pensamentos negativos sobre o tratamento da doença. "Em dois momentos que me lembro, eu não sei nem explicar o que eu sentia. Pensava que se eu morresse seria melhor. Eu sentia que não tinha mais saída. Eu preferia morrer, me deu uma coisa muito ruim", disse ele.

Sempre citando a força de Deus em seu discurso, Cauan destacou que no domingo retrasado, no dia 16, passou por uma transformação psicológica: "A partir daquele dia a minha vida começou a mudar. E hoje, por incrível que pareça, eu agradeço por isso que passei, as pessoas acham que é hipocrisia, mas eu acho que eu precisava passar por isso."

Questionado pela apresentadora da Globo sobre ter debochado do coronavírus em março, o cantor afirmou ter se arrependido.

"Eu não cheguei a perceber [a gravidade]. Eu tinha comprado o oxímetro, por orientação do meu irmão [Fernando Máximo, médico que está cuidando dele] e se a frequência estivesse abaixo de 93, eu teria que ir ao hospital. E já estava abaixo, mas não queria ir. Porque eu sabia que se fosse teria que ser internado", contou.

Com previsão de alta para a próxima quarta-feira (26), Cauan fez um balanço sobre o que aprendeu com a doença.

"Eu não amava nem os meus filhos direito. Agora eu sei o que é o amor pelo próximo, pela minha família. Peço até perdão pela sinceridade. Até há poucos dias de internar eu pedi perdão à mãe do meu filho, Dani, de não ter feito a minha parte, tantas vezes que não correspondi como pai", confessou.

Leia também

Web Stories

+
Como Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileiros

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?