Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ENTENDA O CASO

Após tapa em Chris Rock, Will Smith renuncia à Academia: 'Traí a confiança'

REPRODUÇÃO/ABC

Montagem de fotos com Will Smith gritando e ele dando um tapa em Chris Rock durante a cerimônia do Oscar 2022

Will Smith durante a cerimônia do Oscar 2022; ator deu um tapa em Chris Rock depois de piada

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 1/4/2022 - 20h33

Alvo de uma investigação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Will Smith pediu para ser desligado dos quadros de membros da organizadora do Oscar. A informação foi confirmada pelo ator em um comunicado nesta sexta-feira (1º). Ele classificou seu tapa em Chris Rock durante a cerimônia de entrega de estatuetas deste ano como uma ação "chocante, dolorosa e imperdoável".

"A lista daqueles que machuquei é longa e inclui Chris, sua família, muitos dos meus queridos amigos e entes queridos, todos os presentes e o público global em casa. Eu traí a confiança da Academia. Privei outros indicados e vencedores de sua oportunidade de celebrar e ser celebrado por seu trabalho extraordinário. Estou de coração partido", confessou Smith, em nota publicada pelo site da revista Variety.

Atual vencedor do Oscar de melhor ator por seu trabalho no filme King Richards, Will ainda admitiu que o momento dele com Chris Rock ofuscou os outros vencedores do domingo (27). Ele se comprometeu a tentar fazer com que a violência não ultrapasse mais a razão.

"Quero colocar o foco de volta naqueles que merecem atenção por suas conquistas e permitir que a Academia volte ao incrível trabalho que faz para apoiar a criatividade e a arte no cinema", explicou o ator.

O que Will perde com a saída?

Na quarta-feira (30), a Academia abriu um processo disciplinar contra Smith por "violação dos padrões de conduta". Ele poderia ser suspenso ou expulso dos quadros da instituição e tinha 15 dias para fornecer uma resposta por escrito explicando suas ações.

Ao renunciar a sua vaga na organizadora do Oscar, Will perde poder de voto, mas não deixa de ser considerado elegível para conquistar outras estatuetas. Isso só mudará se a Academia decidir aplicar uma punição. Ele também não vai perder o prêmio que havia conquistado no domingo.

Na segunda (28), o astro havia usado o Instagram para se desculpar. "Meu comportamento no Oscar foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada era demais para mim e reagi emocionalmente. Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu estava fora de linha e estava errado", escreveu.

Tapa no Oscar

Na noite de domingo (27), Rock decidiu fugir do roteiro ao fazer uma piada com a falta de cabelos de Jada Smith --a mulher de Will sofre de uma doença autoimune chamada alopecia, que pode causar a queda dos pelos em diversas áreas do corpo.

No momento da piada, Jada fez uma expressão de quem havia ficado incomodada. Segundos depois, Will Smith se levantou e subiu no palco em direção ao apresentador. Em momento que parecia encenado, o ator deu um tapa no comediante e retornou à sua mesa.

"Uau, Will Smith acabou de me dar uma surra", falou Rock, completamente em choque. Já sentado, o astro de Um Maluco no Pedaço (1990-1996) disparou aos berros: "Deixe o nome da minha mulher longe da porra da sua boca", repetindo a mensagem após o comediante tentar se defender.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.