Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'VAI PRA FAVELA'

Alexandre Frota vai à polícia contra Miss Bumbum que o desacatou em festa ilegal

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Alexandre Frota em publicidade para seu Instagram em 11 de julho de 2021

Alexandre Frota em publicidade para seu Instagram; deputado federal registrou B.O. contra Liziane Gutierrez

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 14/7/2021 - 22h16

Alexandre Frota, 57 anos, registrou boletim de ocorrência contra Liziane Gutierrez, 35, por desacato e injúria. Flagrada em uma festa clandestina no fim de semana, a Miss Bumbum xingou o deputado federal (PSDB), que estava presente na força-tarefa que fechou o evento ilegal. Sentindo-se lesado, o também apresentador foi ao 78° Distrito Policial de São Paulo, no Jardim América, nesta quarta-feira (14).

Na madrugada de domingo (11), Liziane estava entre os 486 convidados de uma celebração que infringiu as medidas sanitárias preventivas contra a Covid-19.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a celebração ilegal aconteceu em um escritório de advocacia, no Jardim América, bairro nobre da cidade. Além da venda de ingressos --que chegavam a R$ 1.600-- a aglomeração contou com show de Matheus e Kauan.

Frota, que estava no local para acompanhar a ação da Polícia Civil, filmou a representante do Rio Grande do Norte no Miss Bumbum 2017. Nessa gravação, que viralizou nas redes sociais, a Miss Bumbum aparece sem máscara, com uma taça de bebida nas mãos e esbravejando contra a equipe.

Aos gritos, a influenciadora digital --ela também se apresenta como advogada nas redes sociais-- diz para as forças de segurança: "Vão tomar no cu" e "vai para a favela, caralho". As frases foram ditas repetidas vezes. Ela também esbravejou: "Vocês são uns merdas, sabe por quê? Alexandre Frota assediou todo mundo nessa porra".

Um dia após o flagra, a modelo admitiu o erro e justificou que mandou todos para a "favela" em resposta a uma provocação dos agentes. "Não menosprezei nenhum lugar e nenhuma pessoa. Só respondi o que ele [a pessoa] tinha falado, mas de uma forma errada. Ele falou: 'É mais fácil invadir festa na favela do que aqui'. Eu falei: 'Então, vai para a favela, caralho'", contou.

reprodução/instagram

Liziane Gutierrez xinga Alexandre Frota em vídeo

Diante da repercussão do caso, Frota foi à polícia. Em publicação em seu Twitter, o político explicou o motivo do boletim de ocorrência.

"Saindo da 78ª Delegacia de Polícia. Boletim de ocorrência feito por desacato e injúria dentro do inquérito aberto pela Polícia Civil contra essa mulher. Ela foi intimada a comparecer à Delegacia de Polícia, mas não retornou", informou.

"Disse que era advogada, mas na Ordem dos Advogados do Brasil não tem carteira [de advogada] e, sim, de estagiária. Artigos 138 [caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime] e 331 [desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela]", detalhou ele.

O Notícias da TV procurou Frota e Liziane para comentar o caso, mas não teve retorno até o fechamento deste texto.

Veja publicação de Alexandre Frota: 

Veja o vídeo de Liziane Guiterrez que virou caso de polícia:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas