Séries

Segunda Temporada

Humor e sacanagem: Como Succession se tornou a série mais imperdível da TV

Reprodução/HBO

O ator Jeremy Strong em Succession, série sensação da HBO que chega ao fim da segunda temporada

O ator Jeremy Strong em Succession, série sensação da HBO que encerra sua segunda temporada

JOÃO DA PAZ - Publicado em 13/10/2019, às 05h35

Uma trama familiar com filhos que fazem sacanagens entre si e não poupam o pai de humilhações poderia passar despercebida em meio às mais de 500 séries atualmente no ar. Mas a bem-humorada Succession, atração em questão, tem o selo da HBO e, com ele, um status de sofisticada. Isso a faz ser o drama mais imperdível da TV neste ano.

Tão velhas quanto a própria televisão, as histórias sobre intrigas em família, principalmente se ela for podre de rica, continuam rendendo porque têm elementos que fascinam o telespectador, como a passada de perna que um irmão dá no outro ou uma trairagem contra o próprio pai. São coisas que o público médio pode até sonhar em fazer na vida real, mas prefere segurar a onda. Fica a possibilidade de se entreter e visualizar os desdobramentos de tais atitudes na ficção.

Succession tem tudo isso e mais um pouco. Em 2019, a produção da HBO é o drama com melhor avaliação no site Metacritic (nota 88 de 100), superando sucessos como Olhos Que Condenam (Netflix), Chernobyl (minissérie da HBO vencedora do Emmy) e Killing Eve (disponível no Brasil pelo Globoplay).

O mais intrigante é que Succession chegou a esse ponto depois de uma primeira temporada insossa e pouco atraente.

A série demorou tanto para ter uma história digna que quem quiser começar a vê-la pode pular os três primeiros episódios. Do quarto em diante é que o circo começa a pegar fogo dentro do clã Roy. O patriarca Logan (Brian Cox), magnata dono do conglomerado de mídia Waystar Royco, está mal de saúde, e três dos seus quatro filhos estão de olho no poder. Querem provar que podem suceder o pai na empresa.

A segunda temporada, que chega ao fim neste domingo (13), ficou mais legal ao aumentar as intrigas entre os herdeiros e abusar de chacotas, fofocas e insultos. E o telespectador só fica com o balde de pipoca no colo, rindo das situações ridículas vividas por pessoas afortunadas que desconhecem a palavra limite.

Para provar lealdade, Logan forçou filhos e subordinados a fazerem atos absurdos, como brigar por uma salsicha jogada no chão como se fossem porcos. Os herdeiros armaram planos sujos para queimar o filme de uma nova queridinha do papai, que furou a fila ao aceitar o papel de CEO (diretora-executiva) da Waystar. E chegaram a silenciar uma vítima, ex-funcionária da empresa, que ameaçava botar a boca no trombone com denúncias de assédios cometidos por executivos da companhia.

Divulgação/HBO

Shiv Roy (Sarah Snook) olha para o pai, Logan (Brian Cox), em busca da tão almejada benção


Beija-mão

O zunzunzum da mídia americana ajudou a dar uma levantada em Succession que, segundo dados da HBO, teve um aumento de 22% em audiência entre a temporada de estreia e a atual. Tanto hype tinha razão de ser, pois de fato o drama melhorou muito. Acertou ao dar mais espaço ao patriarca Logan e também colocar a única filha mulher dele em um espaço de maior destaque.

A lobista política Siobhan Roy (Sarah Snook), a feroz Shiv, deu show. Ela entrou em rota de colisão com os dois irmãos de olho na bênção definitiva do pai. O loucão Roman (Kieran Culkin) não se cansou de humilhar a loira com piadas machistas. Enquanto o mimado Kendall (Jeremy Strong) tentou menosprezar a irmã em reuniões ao enfatizar indiretamente que ela não tinha bagagem (leia-se: experiência no meio empresarial) para palpitar sobre a rotina e o futuro da Waystar.

Shiv conseguiu se desvencilhar das trairagens --rebatendo com outras tantas facadas nas costas, lógico. A entrada dela de vez no jogo de Succession foi uma das razões que transformaram a série em uma das sensações da temporada.

O curioso disse tudo é que Empire, há quatro anos, fez algo parecido e conquistou milhões de telespectadores. Embora tenha concorrido ao Globo de Ouro, a série sobre uma disputa de filhos para suceder o pai em uma gravadora de música não caiu nas graças dos críticos, por abusar de cenas de fazer inveja às mais latinas das novelas. A primeira temporada da série da rede Fox, TV aberta dos EUA, ficou com a nota 69 no Metacritic. Eis a diferença que ter uma grife como a HBO faz...

Tudo sobre

HBO

Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

Leia também

Imagem de Andréa Nóbrega na área externa de A Fazenda 11, segurando o próprio pé

PRINCESA DOS MEMES?

Desafinada e briguenta: Por que Andréa Nóbrega é a nova Gretchen da Fazenda?

A atriz Juliana Paes contracena com Agatha Moreira em A Dona do Pedaço, novela das nove da Globo

RESUMÃO DA SEMANA

A Dona do Pedaço: Idosa sabota bolo e acaba com sonho de Maria da Paz

A atriz Bruna Lombardi em cena como Sofia, sua personagem protagonista de A Vida Secreta dos Casais

A Vida Secreta dos Casais

Série de Bruna Lombardi volta com erotismo, assassinato e hackers

O ator Felipe Simas caracterizado como o personagem Maicon, que interpreta na série Segunda Chamada

Segunda Chamada

Felipe Simas quer chocar a classe média ao viver motoboy assaltante

+ Lidas

1

Totalmente Demais: Jonatas prova amor sem limites por Wesley

2

Fina Estampa: Antenor encara 'visita da morte' no leito de um hospital

3

Novo Mundo: Anna causa a ruína de Thomas com podre

4

Fabinho implora para Cassandra dar golpe em Totalmente Demais

5

Dagmar toca o terror em Zuleika: 'Arranco cabelo'

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

ENQUETE

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Foto do ator de Glee Kevin McHale (à esq.) com o namorado, Austin P. McKenzie (à direita), em foto publicada no Instagram
Paul Walker em cena do filme + Velozes + Furiosos
Luke Gross e Hlubi Mboya se encaram em cena de Corrida Mortal 3
Imagem de Paulo Vieira no quadro Como Lidar?, do Fantástico