NOVAS REGRAS

TV portuguesa volta a gravar novela com teste 'horrível' e beijo no pescoço; veja vídeo

REPRODUÇÃO/SIC NOTÍCIAS

Dentro do carro, o ator português José Mata tem um cotonete colocado no nariz para teste de Covid-19

O ator português José Mata faz teste de Covid-19 antes de entrar nos estúdios de gravação da novela

REDAÇÃO - Publicado em 27/05/2020, às 05h24

Mais de um mês depois de Portugal atingir o pico de casos de coronavírus, as gravações de novelas foram retomadas no país. Mas toda a equipe envolvida no trabalho ainda está se acostumando com as novas regras, que incluem contato reduzido, inclusive em cena. O grau máximo de aproximação entre os atores são beijos no pescoço, e todos passam por testes rápidos de Covid-19 antes de entrar no estúdio.

"Me deu uma aflição [o teste], mas é o que temos que fazer. Todos nós [da equipe] fizemos, mas é horrível. Não vou dizer que é tranquilo", admitiu Carolina Loureiro, protagonista da novela Nazaré e namorada do cantor brasileiro Vitor Kley, em entrevista para o SIC Notícias, canal que pertence à rede que transmite o folhetim.

O teste é o Crispr, feito com um cotonete, que coleta material da pessoa ao ser colocado no nariz, boca ou por fluido dos pulmões. "Parece que o cotonete gigante vai entrar pelo cérebro, foi essa a sensação que eu tive", confessou o ator José Mata. "Eu estava um pouco mais receoso do que na prática foi", minimizou o galã Afonso Pimentel.

O SIC Notícias, canal que funciona como uma GloboNews ou CNN Brasil em Portugal, fez uma reportagem para mostrar a nova realidade nos estúdios após o retorno das filmagens das duas telenovelas da emissora, Nazaré e Terra Brava.

Entre uma cena e outra, os técnicos admitem que precisam sair do estúdio para retirar um pouco a máscara e respirar livremente. "Não dá pra ficar 12 horas com a máscara na cara, estamos todos com um processo de higiene muito rigoroso pra tentar levar isso da melhor maneira possível", reconheceu Álvaro Candeias, assistente de produção.

A limpeza constante de todos os objetos usados e tocados durante a gravação virou parte da rotina de trabalho. Roteiros tiverem que ser reescritos para diminuir o contato dos atores. Mas e o que fazer para respeitar o distanciamento social sem deixar os personagens frios uns com os outros?

"Nosso maior desafio é conseguir fazer a Nazaré com as regras vigentes de menos contato físico sem que isso não apareça no ar. Ou seja, que as emoções e os afetos continuem a aparecer", disse Adriano Luz, autor de Nazaré.

"No protocolo, nós temos que o contato entre pares é possível. Por exemplo, um beijo no pescoço por trás ou um afagar no cabelo não traz problemas", revelou.

Ao contrário do que acontecia antes do coronavírus, quando atores compartilhavam camarins, agora cada um tem um espaço reservado para trocar de roupa e se preparar para entrar em cena. Os figurinos são todos higienizados. Cada um dos personagens tem o próprio kit de maquiagem, e as escovas de cabelos também são desinfetadas depois de cada utilização.

A equipe foi reduzida, com menos figurantes e somente quem é necessário no estúdio. Foram criadas regras até para a circulação nos corredores, com espaços diferentes para atores e técnicos. "Vai ser diferente, nós todos temos que nos adaptar com essa forma de gravar, a forma de estarmos uns com os outros. Vai ser tudo diferente, é uma nova realidade", observou Carolina Loureiro.

Na novela Nazaré, existe um núcleo com um lar de idosos. Com o retorno das gravações, a trama foi adaptada e as pessoas que estão nesse lar aparecerão em cena com máscaras, luvas e equipamentos de proteção. "A ficção precisa ser uma reprodução do que estamos vivendo na atualidade", disse Daniel Oliveira, diretor de programas da SIC.

Ao contrário do que aconteceu no Brasil, as novelas inéditas não precisaram ser substituídas por reprises. A medida adotada foi reduzir o tempo dos capítulos para ganhar tempo. Em Portugal, além da SIC, a TVI também retornou aos trabalhos de gravação neste mês.

Veja abaixo a reportagem exibida pelo canal de notícias sobre o retorno após dois meses de paralisação pelo coronavírus:

Retorno das novelas da Globo

Na terça-feira (26), o Notícias da TV antecipou que Globo marcou para 3 de agosto a volta das gravações das novelas Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, sob um forte esquema de segurança e proteção contra o novo coronavírus, depois de quatro meses de paralisação. As duas novelas devem voltar a serem exibidas na segunda quinzena de agosto.

A maneira como as novelas serão retomadas ainda não está clara. A emissora, com a consultoria de especialistas, elaborou um protocolo de segurança para as gravações. São inúmeras normas técnicas que disciplinam a ocupação de estúdios e cidades cenográficas, o manuseio de cenários e figurinos, a maquiagem, o uso de equipamentos de segurança, etc.

Autores de novelas, no entanto, não veem com bons olhos restrições a beijos e contato físico, porque isso limita drasticamente a dramaturgia. "Não existe novela com todos os personagens de máscara", reclama um deles.

Assim como aconteceu com Nazaré, em Portugal, Amor de Mãe deverá incorporar o coronavírus na vida de personagens como Lurdes (Regina Casé) e Davi (Vladimir Brichta). "O que posso dizer é que no momento, esse é o meu estudo: colocar o coronavírus na novela. E seguindo esse caminho, certamente alguns personagens podem ser infectados", disse a autora Manuela Dias no início de maio.

Tudo sobre

Coronavírus Novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook