ROMANCE SECRETO

Ator de Fina Estampa, Carlos Machado revela quem é o amante de Crô

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Marcelo Serrado com expressão pensativa em cena como Crô de Fina Estampa

Crô (Marcelo Serrado) tinha um amante em Fina Estampa, mas o mistério só foi desvendado em Crô - O Filme (2013)

FERNANDA LOPES - Publicado em 27/05/2020, às 05h28

A edição especial de Fina Estampa que está sendo exibida na Globo atualmente não tem dado muita atenção à vida íntima de Crô Valério (Marcelo Serrado), o mordomo de Tereza Cristina (Christiane Torloni). Mas a versão original da novela guardava um segredo: quem era, afinal o amante secreto de Crô? O mistério só foi revelado no filme dedicado ao personagem, e o ator Carlos Machado nunca se esqueceu disso.

Crô fez tanto sucesso na época que o autor Aguinaldo Silva quis deixar em aberto a questão da vida amorosa do personagem, para não frustrar os telespectadores. Em entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes, em 2012, ele chegou a dizer que o amante era Ferdinand (Carlos Machado), mas não foi exatamente isso que os espectadores viram em Crô - O Filme (2013).

Na verdade, o homem com quem o mordomo se relacionava era Jean-Jacques, irmão gêmeo de Ferdinand, também interpretado por Carlos Machado. "Ferdinand era o principal suspeito [de ser o amante], o que me possibilitou estar no filme. Voltei como irmão gêmeo do Ferdinand, que era então o amante do Crô. E foi também superdivertido", lembra o ator.

Segundo Machado, Fina Estampa foi sua primeira novela com personagem fixo na Globo --antes disso, ele havia feito muitas participações especiais, em produções como Uga Uga (2000), Kubanacan (2003) e Cobras & Lagartos (2006).

"Foi um divisor de águas na minha carreira. Ferdinand estava previsto pra ter morrido no meio da novela. Isso não aconteceu devido ao personagem ter conseguido essa química com a Tereza Cristina e à história de quem seria o amante do Crô", lembra.

Com o retorno de Fina Estampa ao ar, Machado voltou a ficar em evidência no Brasil, mas não tem planos de voltar a fazer novelas por aqui tão cedo. Ele vive hoje nos Estados Unidos, onde ajuda sua irmã num consultório de dentista, tem lucro com campanhas publicitárias, coordena uma equipe de vendedores (no Brasil) e faz dublagens de séries e novelas.

"Comecei a fazer dublagem há cerca de cinco, seis meses. O melhor trabalho foi [a minissérie] O Nome da Rosa (2019), em que eu dublei a voz do personagem Bernardo (Rupert Everett). Nosso diretor disse que eu certamente serei indicado pro Oscar do segmento, que é o Voice Awards, com muitas chances de ganhar. Isso seria interessante, estou torcendo", diz Machado.

Últimas de Fina Estampa

Resumos semanais

Resumo da novela Fina Estampa: Capítulos de 4 a 18 de julho

Sábado, 4/7 (Capítulo 90)
Álvaro avisa a Íris que, se ela não libertar Tereza Cristina de seu castigo, ele mesmo o fará. Zambeze não consegue que Álvaro lhe conte o porquê de sua preocupação. Ajudada por Ferdinand, Tereza Cristina ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook