PÓS-PANDEMIA

Autora leva coronavírus para Amor de Mãe: 'Personagens podem ser infectados'

Reprodução/TV Globo

Jéssica Ellen faz carinho em Regina Casé, que exibe uma expressão desolada na novela Amor de Mãe

Camila (Jéssica Ellen) consola Lurdes (Regina Casé) em Amor de Mãe; novela volta após pandemia

DANIEL CASTRO - Publicado em 11/05/2020, às 06h14

Em sua estreia como autora de novelas, Manuela Dias enfrenta uma situação inédita. Sua novela (assim como as das seis e das sete) foi interrompida por causa da pandemia do coronavírus. No horário mais nobre da TV, a "novata" decidiu tirar proveito da dificuldade e, quando voltar ao ar, Amor de Mãe não será mais a mesma. As condições de gravações vão mudar, e o vírus que assombra o mundo real também se fará presente na ficção. "Certamente, alguns personagens podem ser infectados", adianta Manuela em entrevista exclusiva ao Notícias da TV.

A introdução da pandemia na trama da novela das nove ainda não é 100% certa. Manuela a trata como um "estudo". Na verdade, ela trabalha com dois cenários para quando as gravações retornarem, o que só deve acontecer em julho ou agosto, segundo estimativas de executivos da Globo. Mas, por ser uma produção realista, não desenvolver a Covid-19 entre seus personagens seria um desperdício.

Manuela Dias afirma que o novo coronavírus não deixará a protagonista Lurdes (Regina Casé) menos amorosa com seus filhos. O desafio será mostrar isso com restrições a beijos e abraços. Quem vai mudar na "segunda temporada" será Thelma (Adriana Esteves). "Ela matou uma pessoa. Ela cruzou a linha. A partir daí, tudo é possível", conta a novelista na entrevista a seguir, concedida por e-mail. Confira: 

Notícias da TV - Você disse recentemente que está trabalhando com duas projeções para quando voltarem as gravações de Amor de Mãe. Em outras palavras, você está escrevendo duas novelas, sem saber exatamente quando e como as cenas serão gravadas?

Manuela Dias - Estamos vivendo um momento de muitas incertezas e instabilidade. Isso está acontecendo no mundo, na vida de cada um e também dentro da Globo. O que estamos fazendo é trabalhar com cenários possíveis que a narrativa pode tomar e estudando cada um desses cenários. Como roteirista estou sempre me adaptando às condições de realização. Desde sempre escrevemos submetidos a questões orçamentárias, de cronograma, meteorológicas e variantes de muitas naturezas.

jorge bispo/tv globo

A autora Manuela Dias está escrevendo a segunda parte da novela interrompida em março

No momento, o grande condicionante é a pandemia e o protocolo que ela gera. Vale ressaltar que esse protocolo é vivo, como o vírus e está em processo com a pandemia. Como já saiu na imprensa, a Globo formou um comitê de diversos departamentos para gerir esse momento, colocando sempre em primeiro lugar a saúde dos funcionários e seus familiares. Do ponto de vista do conteúdo, cada opção oferece seus ganhos e suas perdas --como tudo.

É claro que desde o começo da pandemia, estou pensando junto com o Zé [José Luiz Villamarim, diretor artístico] e com a minha equipe sobre qual dos caminhos seria, não só melhor, como mais viável do ponto de vista da realização. Por um lado, temos uma novela realista, com uma linguagem já estruturada e um terço exibido. Por outro lado temos um protocolo rígido que traz restrições severas para a realização, ou seja, para o roteiro.

Meu objetivo agora é tornar essas restrições justificadas do ponto de vista diegético, do ponto de vista da história. Preciso me relacionar com o protocolo como um bom personagem reage diante de um desafio, crescendo pra cima dele. Quero transformar o protocolo em um ponto de partida da escrita e realização para que ele seja, de alguma forma, um aliado nosso, ao invés de ser apenas o impedimento que ele é, por natureza.

'Meu estudo: colocar o coronavírus na novela'

Notícias da TV - Como será a abordagem do novo coronavírus em Amor de Mãe? Personagens serão contaminados?

Manuela Dias - Estou construindo essa resposta também para mim… O que posso dizer é que no momento, esse é o meu estudo: colocar o coronavírus na novela. E seguindo esse caminho, certamente alguns personagens podem ser infectados.

Notícias da TV - O vírus vai mudar o comportamento de Lurdes (Regina Casé)? Como ela, uma mãe tão carinhosa, de beijos e abraços com os filhos, vai lidar com o distanciamento social?

Manuela Dias - Nada vai mudar a Lurdes como ela é. Assim como a quarentena não mudou nossas essências. Mesmo que precisemos fazer ajustes para seguir o protocolo, acho que Lurdes seguirá sendo amorosa com os filhos.

reprodução/tv globo

Isis Valverde beija Humberto Carrão em cena da trama; romance não poderá ter mais pegação

Notícias da TV - Como ficarão casais tão intensos, como Sandro (Humberto Carrão) e Betina (Isis Valverde), agora que a pegada sexual tem de ser só insinuação (com os cuidados de contato)?

Manuela Dias - Isso é uma grande curiosidade para todos, inclusive para mim. Como sou uma otimista, acredito que daqui até o começo das gravações tudo estará ajustado.

Notícias da TV - Segundo a sua expectativa, quando teremos Amor de Mãe de volta?

Manuela Dias - Não sei te dizer… Infelizmente.

Thelma vai tocar o terror em Amor de Mãe?

Notícias da TV - O que podemos esperar da vilã que nasceu na última semana da novela?

Manuela Dias - Ah, a Thelma… Ela é uma personagem que me fascina na novela. Acho que estávamos muito acostumados a vilões ardilosos, adoráveis, com uma pitada de humor, ligados ao excesso de alguma forma, e a Thelma é uma vilã daquelas que temos dificuldade em amar. Para mim e também para a Adriana Esteves, que brilha como sempre, é um desafio mantê-la nesse lugar.

Thelma não é uma pessoa má, mesmo que faça maldades. A tragédia dela está justamente em ser boa, como Macbeth, que é bom. Ela quer o bem de todos, mas existe uma única coisa que ela não admite: a possibilidade de perder Danilo [Chay Suede]. A fase 1 da novela parou em um momento de ruptura pra personagem: ela matou uma pessoa. Ela cruzou a linha. A partir daí, tudo é possível. Respondendo sua pergunta, podemos esperar tudo de Thelma. Tudo mesmo, risos.

isabella pinheiro/tv globo

Adriana Esteves (Thelma) contracena com Mariana Nunes (Rita) na sequência de assassinato

Notícias da TV - Vem aí um thriller para conduzir toda a segunda temporada?

Manuela Dias - Não saberia definir assim.

Notícias da TV - Quando estreou, você disse que Amor de Mãe não teria vilões ou mocinhos. Terminou a primeira temporada com Thelma matando para manter seu segredo. Por que mudou?

Manuela Dias - Não acho que ela tenha mudado. A personagem foi, ao longo da novela, mostrando suas nuances e suas motivações. Até chegar a esse ponto.

Notícias da TV - Você se destacou com tramas fechadas e curtas. Cento e dois capítulos de uma novela das nove depois, com toda a pressão sobre a produção, que lições aprendeu ao lidar com o gênero?

Manuela Dias - Ah, aprendi com tudo e sigo aprendendo! E espero seguir depois de Amor de Mãe, porque quero a todo momento ser transformada pelo meu próprio trabalho.

Notícias da TV - Apesar das limitações, ainda acredita que é possível e necessário entregar produtos inovadores para telespectadores conservadores?

Manuela Dias - Sempre! A contação de histórias sobreviveu às guerras, às piores condições de realização… E sobreviverá agora. A Globo tem um exército criativo, capaz de escrever história realizáveis. É isso que vamos fazer!

Daniel Castro
DANIEL CASTRO transformou a coluna de Televisão da Folha de S.Paulo na mais relevante do país durante sua passagem pelo jornal, entre 1991 e 2009. Trabalhou no Notícias Populares (1995-96) e R7 (2009-13). E-mail: dcastro@noticiasdatv.com

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias