Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PÓS-PANDEMIA

Globo marca volta das gravações de Amor de Mãe sob forte esquema de segurança

Reprodução/TV Globo

Adriana Esteves (Thelma) e Regina Casé (Lurdes) riem em cena de Amor de Mãe, novela das nove da Globo

Adriana Esteves (Thelma) e Regina Casé (Lurdes) em cena de Amor de Mãe, que deve voltar ao ar em agosto

DANIEL CASTRO

dcastro@noticiasdatv.com

Publicado em 26/5/2020 - 13h07

A Globo marcou para 3 de agosto a volta das gravações das novelas Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, sob um forte esquema de segurança e proteção contra o novo coronavírus, depois de quatro meses de paralisação. As duas novelas devem voltar a serem exibidas na segunda quinzena de agosto. Programas de entretenimento, como o Domingão do Faustão, podem retornar aos estúdios em julho, mas tudo vai depender do avanço ou recuo da pandemia.

Maior complexo de produção de televisão da América Latina, os Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, reabrirão três semanas antes, em 13 de julho. Nesse período, serão ocupados apenas os escritórios que abrigam as equipes de produção, para o planejamento das gravações.

A maneira como as novelas serão retomadas ainda não está clara. A emissora, com a consultoria de especialistas, elaborou um protocolo de segurança para as gravações. São inúmeras normas técnicas que disciplinam a ocupação de estúdios e cidades cenográficas, o manuseio de cenários e figurinos, a maquiagem, o uso de equipamentos de segurança, etc.

O Notícias da TV apurou que algumas regras vêm enfrentando resistência. Autores de novelas não veem com bons olhos restrições a beijos e contato físico, porque isso limita drasticamente a dramaturgia. "Não existe novela com todos os personagens de máscara", reclama um deles.

Amor de Mãe, contudo, deverá incorporar o coronavírus na vida de personagens como Lurdes (Regina Casé) e Davi (Vladimir Brichta). "O que posso dizer é que no momento, esse é o meu estudo: colocar o coronavírus na novela. E seguindo esse caminho, certamente alguns personagens podem ser infectados", disse a autora Manuela Dias no início de maio.

Após a retomada das gravações das novelas das nove e das sete, a Globo deve voltar as atenções para a produção das seis, Nos Tempos do Imperador, que iria estrear no início de abril, e para séries. Ao todo, foram interrompidas 14 produções de dramaturgia na segunda quinzena de março, quando as autoridades passaram a recomendar quarentena no Brasil.

Emissora adota protocolo de segurança

A Globo elaborou em abril um protocolo de segurança para voltar a gravar novelas, séries e programas de auditório pós-pandemia. Em nota, a emissora informou que o documento "foi criado através da avaliação de protocolos globais, reunindo as nossas práticas às da indústria do audiovisual de vários países".

"Nossos criadores foram convocados a repensar a forma de escrever e de realizar para lidar com diferentes limitações, que vão impactar tanto a narrativa quanto os recursos de produção. As recomendações de cuidados valem para todas as etapas de produção, da pré-produção à atuação nos sets de gravação, incluindo logísticas de transporte, alimentação e regras para fornecedores, entre outras", continua a nota da Globo.

"Depois de conhecer as práticas adotadas no protocolo desenhado pela Globo, autores e diretores vão se reunir para avaliar a melhor solução para cada obra. As novas orientações também estão sendo apresentadas ao elenco", complementa.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?