Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

JORNALISMO

Telespectadores rechaçam contratação de William Waack pela CNN Brasil: 'Racista'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

William Waack posa no escritório provisório da CNN Brasil, que anunciou a contratação do jornalista - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

William Waack posa no escritório provisório da CNN Brasil, que anunciou a contratação do jornalista

REDAÇÃO

Publicado em 4/6/2019 - 19h37

Se os telespectadores comemoraram a contratação de Evaristo Costa pela CNN Brasil, o mesmo não aconteceu com William Waack, que em 2017 foi dispensado pela Globo após o vazamento de um vídeo em que fazia comentários racistas. Nas redes sociais, tem mais gente criticando a contratação do que elogiando. "Diz muito a contratação do Waack para quem essa CNN quer falar. O Evaristo é um jornalista querido por todos, mas Waack não está esquecido pelo caso de racismo", escreveu Anderson Delano no Twitter. 

O suposto racismo de Waack é o principal motivo de descontentamento. "CNN começando muito mal. Racistas não passarão", disse Mariana Costa. "Waack? Vocês estão de sacanagem. Já não quero assistir", disse Guilherme Pena no Instagram. "Que vergonha CNN", lamentou Filipe Portes.

Um outro internauta citou a fama de antipático do apresentador e sua falta de carisma na TV: "Alguém estava com saudade da antipatia do William Waack?", escreveu Eduardo Seabra.

Horas depois do anúncio da CNN Brasil, o ator Rafael Zulu se mostrou indignado com a notícia da contratação de Waack.

“Acabei de ter uma péssima surpresa em saber que William Waack é o novo contratado da CNN Brasil. Vou refrescar a memória de vocês. William Waack é racista. Ele não gosta de pessoas de pele preta...Mas a o que mais me impressiona é quem admite ele. CNN vocês não merecem mais meu respeito...”, detonou Zulu.

Mas têm os internautas que elogiaram e gostaram do retorno de Waack. "Excelente contratação de ambos profissionais...Deixem o William Waack em paz. Ele merece uma oportunidade de voltar ao seu trabalho. Ele errou, mas aprendeu com os erros", afirmou Glauber Santos no Instagram. 

"William Waack, excelente jornalista. Ganharam muito com a contratação", afirmou Marco Azevedo. "CNN Brasil, vocês estão de parabéns. Os dois jornalistas são fantásticos", elogiou Fellipe Andrade. 

Procurada, a CNN Brasil informou que não vai comentar o assunto.

Evaristo queridinho

A CNN Brasil anunciou nesta terça (2) a contratação de Evaristo Costa e William Waack, ambos desligados da Globo em 2017, para seu time de apresentadores. Eles são os primeiros nomes oficialmente confirmados pelo canal de notícias, que deverá iniciar suas operações em vídeo até novembro.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Evaristo Costa publica foto tirada no escritório da CNN Brasil em Londres

O jornalista Evaristo Costa posa no escritório da CNN Brasil em Londres

A CNN Brasil e o nome de Waack figuram entre os assuntos mais comentados no Twitter desde o início da tarde de hoje.

Notícias da TV já havia antecipado em primeira-mão que Evaristo Costa estava negociando com o canal. Ele comandará um programa semanal, que mesclará jornalismo com entretenimento, diretamente de Londres (Inglaterra), cidade em que vive desde que deixou a Globo, em 2017.

Os fãs de Evaristo Costa estão comemorando e tirando sarro de seu retorno à TV. "As férias mais longas já vistas", escreveu um internauta no Instagram do apresentador, tirando um sarro sobre seus quase dois anos longe da televisão. "Até que enfim as férias terminaram", brincou outro.

Relembre o caso

Um vídeo em que William Waack aparece fazendo comentários de cunho racistas causou grande repercussão na internet, em 2017. Waack aparece em Washington, onde estava para a cobertura das eleições presidenciais dos Estados Unidos, um ano antes. Ele se preparava para entrar no ar ao vivo quando um motorista passou na rua buzinando. Donald Trump seria declarado presidente eleito no dia seguinte.

"Está buzinando por que, seu merda do cacete?", reclamou Waack. Em seguida, ele se virou para o comentarista Paulo Sotero, ao seu lado, e afirmou: "Deve ser um, com certeza, não vou nem falar de quem, eu sei quem é. Sabe o que é?".  Sotero ficou confuso e Waack moveu sua boca em um cochicho inaudível.

Na época, de acordo com peritos ouvidos pelo Notícias da TV, foi possível constatar que o jornalista de fato usou a palavra "preto" de forma pejorativa. "Minhas observações quanto ao que é falado por William Waack a Paulo Sotero, neste momento, apontam para: 'Preto, (né)... Preto, né?'", disse o engenheiro eletrônico e mestre em fonoengenharia Maurício de Cunto.

William Waack foi afastado do Jornal da Globo e um mês depois foi dispensando pela emissora.

Confira a repercussão da contratação do jornalista:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você vai acompanhar a reprise de Império?