R$ 1 MILHÃO E SALÁRIO

Sem influenciadores, O Aprendiz oferece emprego de R$ 10 mil mensais para anônimos

KELLY FUZARO/BAND

O apresentador Roberto Justus fala na sala de reunião de O Aprendiz, da Band

Roberto Justus voltará a selecionar um candidato para uma de suas empresas em O Aprendiz 2020

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 17/01/2020, às 05h25

A Band desistiu dos influenciadores digitais para a nova temporada de O Aprendiz e voltará a oferecer um emprego para o vencedor da edição 2020, que está com inscrições abertas até 31 de janeiro. O campeão sairá do reality comandado por Roberto Justus com R$ 1 milhão no bolso e cargo de um ano com salário bruto de R$ 10 mil mensais em uma das empresas do apresentador.

Uma das críticas que a atração recebeu no ano passado foi não ter oferecido uma vaga no mercado de trabalho ao vencedor pela primeira vez em sua história. A busca por esse prêmio é a ideia principal do formato, até por isso o uso da clássica frase: "Você está demitido!".

De acordo com a Band, serão 16 candidatos (oito homens e oito mulheres) em O Aprendiz 2020 --dois a menos do que a versão com influenciadores. Na última semana, a produção recebeu uma grande quantidade de inscrições e está analisando os perfis. A nova temporada terá 15 episódios.

Para participar, o candidato precisa ser maior de 18 anos e preencher o formulário disponível no site oficial do programa. Quem estiver interessado ainda deve enviar foto de rosto, de corpo inteiro e um vídeo de no máximo 1 minuto e meio explicando por que deseja entrar no reality show, além de justificar a importância de R$ 1 milhão e um emprego para o atual momento da vida.

O postulante à vaga ainda tem que responder outras cinco perguntas: "Qual é sua maior ambição na vida?", "qual foi sua maior conquista até hoje?", "qual seu maior fracasso?", "como alguém que conhece você descreveria suas melhores qualidades?" e "como alguém que conhece você descreveria seus piores defeitos?".

As gravações estão previstas para começarem na segunda quinzena de março. Os selecionados ficarão confinados por três meses, sem comunicação. As filmagens acontecerão em São Paulo e também no exterior.

Publicitário aposentado

No final de 2017, Roberto Justus se desfez de suas agências e se aposentou da carreira de executivo de publicidade. O objetivo era ter mais tempo para a carreira artística. Apesar disso, ele continua com ações e participações em diferentes empresas e será em uma dessas que o campeão de O Aprendiz vai trabalhar. "A escolha da empresa vai depender do perfil e da formação do candidato vencedor", informa a Band.

Os conselheiros também ainda não estão definidos. No ano passado, Justus contou com o auxílio do coach José Roberto Marques, com Vivianne Brafmann, primeira vencedora da atração, e com Ricardo Justus, filho do apresentador do programa.

Além da dificuldade de montar um elenco com influenciadores relevantes, um dos motivos para o retorno ao formato original são os números ruins de audiência da temporada passada. Apesar de ter conseguido seis grandes patrocinadores e figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter com frequência, o reality não saía da casa de um ponto no Ibope.

Campeão em 2019, o administrador de empresas e influenciador Gabriel Gasparini levou para casa R$ 1 milhão, uma consultoria do conselheiro José Roberto Marques, do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), no valor de R$ 200 mil, e um carro novo.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook