Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CORTE DE FUNCIONÁRIOS

SBT demite equipes e suspende os programas de Patricia Abravanel e Raul Gil

REPRODUÇÃO/SBT

Silvio Santos, Patricia Abravanel e Raul Gil com semblantes apreensivos nos palcos de seus programas no SBT

Silvio Santos autorizou a demissão das equipes e a suspensão dos programas de Patricia Abravanel e Raul Gil

Após acabar com a equipe do Bom Dia & Cia, o SBT dá início a novas demissões nesta quinta-feira (1º). Desta vez, a emissora decidiu dispensar os funcionários que trabalhavam nas produções dos programas de Patricia Abravanel e de Raul Gil. Até o fim do ano, 500 profissionais perderão seus empregos no Grupo Silvio Santos.

Além disso, o Topa ou Não Topa e o Programa Raul Gil foram suspensos. Eles já não estavam sendo gravados nos últimos meses, mas havia a esperança de que os trabalhos fossem retomados neste trimestre.

Agora que não há uma previsão de retorno, eles podem chegar ao fim definitivamente. Os apresentadores, no entanto, seguem contratados. Mas a decisão sobre o que farão após esse período de crise ainda não foi tomada.

Poucos funcionários destes programas foram remanejados para outras funções, mas 90% das equipes acabaram demitidas.

O Notícias da TV conversou com profissionais do alto escalão do SBT, que confirmaram as dispensas, e também com funcionários que já foram comunicados de suas demissões. Procurada, a emissora não se posicionou até a publicação deste texto.

Demissões no SBT

Conforme o Notícias da TV antecipou, o Grupo Silvio Santos prevê uma demissão de até 500 profissionais até o fim do ano, e a nova ordem é não manter no ar produtos que não trazem retornos financeiros. A atual crise econômica provocada pela pandemia e o alto investimento na compra de direitos de transmissão de campeonatos esportivos impactaram no caixa.

Na lista de dispensas recentes estão o elenco inteiro da novela Poliana Moça --que provocou a suspensão integral do departamento de dramaturgia da emissora-- e o apresentador Roberto Cabrini e sua equipe.

Historicamente, o último trimestre do SBT é sempre caótico. Funcionários já estão acostumados com os cortes de funcionários nesse período do ano por conta da política do Grupo Silvio Santos, que demite colaboradores e enxuga a folha de pagamento para conseguir fechar o balanço anual com saldo positivo. No ano passado, por exemplo, foram demitidos diversos nomes do Fofocalizando.

Assim como fez no caso da dispensa de Cabrini, o SBT não comentou o fim do Bom Dia & Cia no estúdio e as demissões previstas para os próximos meses ao ser procurado pela reportagem.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?