Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VAI PRA ONDE?

Saudade de viajar? Bruno de Luca encara turismo na pandemia para programa de TV

REPRODUÇÃO/MULTISHOW

Bruno de Luca em viagem pela Bahia para o Vai Pra Onde?, no Multishow

Bruno de Luca em viagem pela Bahia para o programa Vai Pra Onde?, do Multishow

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 24/7/2021 - 6h25

Depois de comandar o BBB - A Eliminação, no Multishow, Bruno de Luca voltou à grade do canal com seu programa de viagens, o Vai Pra Onde?. A atual temporada da atração foi gravada no final de 2020, quando a flexibilização da quarentena incentivou o turismo pelo Brasil. Para quem está com saudade de viajar, o apresentador mostra como estão os principais pontos de excursão do país em plena pandemia.

Os novos episódios da atração de Luca estrearam em maio último na grade do Multishow e têm chamado a atenção de quem zapeia pela TV paga. Por ter sido feito em tempos de Covid-19, o comunicador adaptou o formato. Viajou sozinho e aboliu hotéis ou aglomerações com grupos de turistas. Ele optou por acampar em paraísos brasileiros.

Em sua caminhada, ele passou pelo Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins, pelo sul da Bahia, pela Costa Verde do Rio de Janeiro, entre outros destinos. "Essa temporada tem vários diferenciais, pois foi no meio da pandemia e acampando, que são duas coisas que eu nunca tinha vivido na minha vida", conta para o Notícias da TV.

Bruno de Luca: máscara contra Covid-19 até na cachoeira (Foto: Reprodução/Multishow)

"De fato, a gente estava a fim de mudar um pouco a vibe do Vai Pra Onde?. Queríamos fazer uma coisa mais a ver com a natureza, lugares abertos, tentando impactar o menos possível o meio ambiente", aponta.

O apresentador frisa que toda sua equipe foi testada para coronavírus antes, durante e depois das gravações.

"Nesse relaxamento [flexibilização da quarentena], conseguimos fazer [o programa] acampando, que tinha tudo a ver com o que eu pensava antes. Priorizamos uma viagem sozinho, sem contato com pessoas, recepção de hotel ou elevador. Você chega no camping, monta sua barraca e pronto. Eu acho que dá para viajar cumprindo todos os protocolos e mantendo o distanciamento social", explica.

"Acho, inclusive, ótimo para saúde mental, porque o que estamos passando não é fácil. As pessoas trancafiadas dentro de casa, confinadas há tanto tempo. Viajar em família, em casal ou sozinho, sem aglomeração, descobrindo outras coisas na cidade é legal, e você ainda ajuda na economia, que está precisando. É só fazer um turismo responsável. Nós conseguimos. Não tivemos nenhum caso de Covid-19 na nossa equipe", completa.

Nos oito episódios da nova temporada, Lucaenfrentou alguns perrengues. Ele, que nunca havia acampado, sofreu com as tempestades. Também foi testemunha da mudança no setor de turismo diante do coronavírus. Além do uso obrigatório de máscaras em trilhas, se deparou com uma estrutura com álcool em gel à beira de uma cachoeira.

"Perrengue em acampamento é o que não falta. Se você abre a barraca fica frio e entra mosquito. Se fecha, você sua. Tive que montar a barraca debaixo de chuva em um albergue lá em Ilha Grande, no Rio de Janeiro. Como eu era campista de primeira viagem, não levei lona para me proteger da chuva. Molhou minha barraca por dentro. A sorte foi que a galera do camping ajudou", relembra.

"Isso é maneiro, porque os campistas são solícitos. Eles vão mesmo para ajudar uns aos outros e conhecer pessoas. Pena que por causa da pandemia estava todo mundo mantendo o distanciamento. Mesmo assim, rolava de algumas pessoas tocarem o violão, mesmo à distância", narra.

reprodução/multishow

Bruno de Luca em seu Vai Pra Onde?

Turistar na pandemia não é fácil

Apesar de se maravilhar com as belezas da natureza, o apresentador admite que gravar um programa quando o turismo nacional foi reaberto teve seus contras.

"Foi difícil e chato gravar em plena pandemia. Mas eu estava dando graças a Deus por estar podendo trabalhar, diferentemente de muita gente. Sou um privilegiado. Deu trabalho, sim, mas tomamos todos os cuidados. Era chato, porque toda hora você esquece onde está a máscara e fica procurando. Aí, atrasa tudo, né? Mas, no final, levamos tudo numa boa e demos graças a Deus mesmo", considera.

Viajando pelo mundo desde 2007 com seu Vai Pra Onde?, o apresentador admite que mal vê a hora de explorar outros itinerários sem um vírus à espreita.

"Quero continuar conhecendo cada canto do mundo e mostrar ao público da melhor forma possível. Voltar a visitar os locais de forma segura, sem coronavírus. Mostrar o que ficou diferente depois da doença, o que segue igual etc. A pandemia mostrou que existem formas diferentes de conhecer cada cultura e quero continuar nesse desbravamento sem fim", compartilha.

"Ainda tem muita coisa pela frente. A pandemia mudou os planos e a crise também, porque agora ficou tudo caro. Já era caro antes, o programa já era de baixo orçamento antes. Agora, com a moeda desse jeito… Eu adoraria ir para a Costa Rica, Canadá, para as Maldivas. Enfim, vamos ver o que vai acontecer", finaliza.

O Vai Pra Onde é exibido toda quarta-feira, às 18h, no Multishow. Veja vídeos de Bruno de Lucca para o Vai Pra Onde?:


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no Pedaço

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?