Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

'LIMPEZA'

Por parceria com CNN Brasil, SBT afasta Marcão do Povo e cancela Alarma

REPRODUÇÃO/SBT

Marcão do Povo de boca aberta no cenário do Primeiro Impacto, no SBT

Marcão do Povo pode estar com os dias contados no SBT, que está prestes a se unir à CNN Brasil

Sem fazer alarde, Silvio Santos afastou Marcão do Povo do comando do Primeiro Impacto e mandou tirar do ar o escatológico Alarma TV. O dono do SBT decidiu "limpar" seu Jornalismo e torná-lo mais atrativo para a CNN Brasil, com quem engatou um "namoro" que deve resultar em um formato inédito de parceria na TV brasileira.

O canal de notícias e a emissora de Silvio estão em conversas avançadas para unir seus departamentos de Jornalismo. O Notícias da TVantecipou, em junho, que a CNN lançou uma ofensiva para se "fundir" com alguma emissora para ampliar a projeção de sua marca e também sua receita e audiência. E o SBT já figurava como um de seus alvos.

Silvio Santos está empolgado com a possibilidade de parceria. E por essa razão vem promovendo mudanças para preparar a chegada da CNN, que já deixou claro seu objetivo: ter controle total sobre o Jornalismo, não veicular nenhum produto sensacionalista e tampouco ter qualquer apresentador que destoe de seu padrão de qualidade.

Estes foram os motivos de Marcão do Povo sair do ar. O apresentador do Primeiro Impacto não dá expediente desde quinta-feira (1º) e sequer tem data para voltar. E seu contrato pode ser encerrado caso a fusão se concretize.

Douglas Tavolaro, CEO da CNN Brasil, reprova o trabalho de Marcão há tempos. Foi ele quem ordenou, em janeiro de 2017, a demissão do apresentador quando ele comandava o Balanço Geral DF, na Record, e chamou a cantora Ludmilla de "pobre macaca".

Na época, o executivo ocupava o posto de vice-presidente de Jornalismo da rede de Edir Macedo e sequer se deu o trabalho de ouvir as justificativas do ex-funcionário, que tomou conhecimento de seu desligamento pela imprensa. Marcão é réu numa ação movida pela cantora, que o processou pelo crime de racismo.

Tavolaro não fez nenhuma imposição ao SBT até agora, mas Silvio achou de bom tom deixar claro que não colocará impeditivos para viabilizar o acordo. Além disso, tirou do ar o Alarma TV, telejornal escatológico e pornográfico que ele insistia em manter na grade, mesmo sendo rejeitado por sua audiência.

O Notícias da TV apurou que a CNN deve assumir toda a programação jornalística do SBT. Além de Marcão do Povo, Dudu Camargo também deve perder seu emprego. Somente profissionais que a CNN considera terem o seu perfil devem ser absorvidos pelo canal de notícias. Todos os demais podem ser dispensados.

A parceria com a CNN Brasil, se concretizada, representará uma mudança radical no Jornalismo do SBT. A emissora apagaria seu histórico com o jornalismo popular (Aqui Agora, Primeiro Impacto) e passaria a ter um noticiário que visa atrair um público mais seleto. Perderia audiência, mas ganharia em prestígio e faturamento.

Procurado, o SBT não respondeu à reportagem o motivo de ter afastado Marcão do Povo do Primeiro Impacto. Sabe-se que no momento ele goza de um ótimo estado de saúde, já que segue realizando lives diárias ao lado de Luisa Marilac em seu canal no YouTube e tem feito diversas publicações nos Stories de seu Instagram.

A CNN Brasil também não se manifestou sobre a possibilidade de fusão com a emissora de Silvio Santos.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?