Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

O OUTRO LADO

Após ser racista com Ludmilla, Marcão se defende: 'Fui condenado sem ser julgado'

Reprodução/SBT

Marcão do Povo no Primeiro Impacto, de terno azul e camisa branca

Marcão do Povo comandando o Primeiro Impacto, do SBT; apresentador falou sobre processo de injúria racial

REDAÇÃO

Publicado em 16/8/2020 - 9h54

Marcão do Povo voltou a se manifestar a respeito do processo que a cantora Ludmilla abriu contra ele por injúria racial, em 2017, após chamá-la de "macaca" no Balanço Geral DF, da Record. O atual apresentador do Primeiro Impacto, do SBT, afirmou que é inocente e vive uma injustiça. "Fui condenado sem ser julgado", disse.

O jornalista acredita que não teve a chance de se defender publicamente. "Acredito que no início eu fui condenado sem sequer ser julgado pela Justiça, mas agora terei meu direito de defesa nos tribunais. Acredito que Deus fará tudo da maneira Dele. Acredito muito na Justiça", declarou à colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Ao ser questionado sobre as declarações controversas que costuma dar ao vivo, que já acarretaram em suspensões e demissões, Marcão negou o rótulo de "polêmico".

"Eu acredito que minha carreira tenha muitas polêmicas, até porque sempre eu digo que eu falo muito com o coração. Acredito que ninguém sai de casa com a intenção de errar. Não me julgo um apresentador polêmico, apenas tento ser um apresentador verdadeiro", completou.

Sobre a possibilidade de ser escalado para comandar o novo Aqui e Agora, na emissora de Silvio Santos, Marcão brincou: "Se me pagarem o que ofereceram para o Datena... Sim! (risos)".

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas