Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SPORTV E PREMIERE

Pela primeira vez, canal da Globo terá duas mulheres comentaristas no Brasileirão

REPRODUÇÃO/SPORTV E FOX SPORTS

Imagem de Renata Mendonça (à esq.) no Redação SporTV e Nadine Basttos em transmissão do Fox Sports

Renata Mendonça e Nadine Basttos comentarão Grêmio x Fluminense no SporTV e Premiere

PAOLA ZANON

paola@noticiasdatv.com

Publicado em 5/8/2020 - 13h28

Nadine Basttos e Renata Mendonça farão sua estreia como comentaristas em jogos do Brasileirão no próximo domingo (9), na partida entre Grêmio e Fluminense, que será exibida por SporTV e Premiere. Será a primeira vez que duas mulheres farão parte de uma mesma equipe de transmissão do campeonato pelos canais da Globo.

A dupla já era parte da equipe de jornalismo esportivo da emissora e vinha se preparando para o trabalho que terá com a maratona de jogos em diversas plataformas, já que os confrontos do Campeonato Brasileiro 2020 também terão transmissão online no SporTV Play, Premiere Play e Globoplay.

"É como no esporte, quanto mais você treina, mais chance tem de fazer um bom trabalho. Recebi muitas mensagens de apoio e incentivo. É um combustível para enfrentar este desafio", declara Renata, que é jornalista e pratica esportes desde criança. Ela já atuou em programas da casa, como o Redação SporTV.

"É difícil dizer quando o esporte entrou na minha vida, porque minha sensação é de que ele sempre fez parte dela. Eu jogava, meu pai via os jogos pela TV comigo e sempre quis trabalhar nessa área. Fico muito feliz de ser mais uma mulher ocupando esse espaço", comemora ela.

Nadine, por sua vez, se tornou a primeira mulher comentarista de arbitragem do país em 2017, quando foi contratada pelos canais Fox Sports. Apesar de ser formada em Odontologia, ela fez também um curso de arbitragem e conciliou a profissão com os jogos durante dez anos, até assumir de vez sua função de comentarista. Integrou até o quadro da Fifa.

"Estou ansiosa, com muita vontade e motivada, preparada para esse novo desafio. Eu me cobro muito para estar sempre atualizada sobre as regras e outras novidades do futebol, pois sei que sou tida como espelho por outras meninas", ressalta Nadine.

"A responsabilidade é grande, e você precisa mostrar domínio sobre o que está falando. Minha relação com o futebol começou cedo. Eu jogava quando criança e gosto de jogar até hoje. Quando você vivencia o futebol desde pequena, gostar se torna algo muito natural", conta ela, que também será a primeira mulher a integrar a Central do Apito.

Cada vez mais as mulheres vêm conquistando espaço no meio do futebol. A repórter Ana Thaís Mattos já integra o time de comentaristas da Globo desde 2019. Já o Fox Sports, por exemplo, mantém a tradição de transmitir o mesmo jogo em dois canais, um deles com equipe 100% feminina. Na última terça (4), Lívia Nepomuceno fez sua estreia como comentarista do esportivo com a final da Copa do Nordeste.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você acha das demissões de veteranos da Globo?