Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DE OLHO NA GRANA

Para faturar mais, Globo cria patrocínio por temporada para o Jornal Nacional

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

William Bonner no estúdio do Jornal Nacional com um terno preto, camisa branca e gravata azul, olhando de forma séria para a câmera

William Bonner, do Jornal Nacional: Globo cria patrocínio por temporada para faturar com jornal

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 29/10/2021 - 15h19

A Globo terá uma novidade nos patrocínios do Jornal Nacional, seu produto mais caro e de maior prestígio. Inspirada em uma ação com o TikTok que deu o que falar neste ano, a emissora vai vender um anúncio por temporada para o principal telejornal do país a partir de 2022. A ideia é que, com os acordos mais curtos, ela consiga aumentar seu faturamento no ano que vem.

A mudança foi confirmada no pacote comercial do Jornalismo, apresentado aos publicitários pela emissora em evento nesta sexta-feira (29). Esse modelo é chamado internamente de "cota modular". Em vez das marcas fecharem um pacote para o ano todo, agora podem pagar por um período específico.

Segundo apurou a coluna, não existe um tempo limite para a exposição. Pode ser uma semana ou até seis meses. Tudo vai depender do objetivo que a empresa terá ao expor sua campanha no Jornal Nacional. A Globo diz que está flexível para atender ao que seus parceiros querem.

A emissora também está de olho no dinheiro que isso trará. Ela não vai abrir mão do preço de tabela para vender essa nova cota modular nem pretende dar descontos, como acontece em negociações do tipo nas concorrentes. 

Quem quiser aparecer em um break exclusivo e no "oferecimento" do Jornal Nacional terá de desembolsar R$ 1,05 milhão. Com a cota modular, a tendência é que mais empresas paguem esse dinheiro, e a Globo consiga faturar mais.

TikTok abriu a mente da Globo

A inspiração para o novo modelo de patrocínio do Jornal Nacional veio por causa de uma ação com o TikTok criada em junho deste ano. Durante um mês, a rede social chinesa expôs sua marca no jornalístico comandado por William Bonner e Renata Vasconcellos. A repercussão foi muito grande nas redes sociais.

Na época, o TikTok explicou ao Notícias da TV que o contrato de "oferecimento" ao telejornal tinha como objetivo "atrair e reter a atenção do consumidor, além de gerar conversas que transbordam os meios".

O lançamento deu resultado, e a propaganda da rede social virou um dos assuntos mais comentados do Twitter, com diversas contas compartilhando o vídeo da campanha. 


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.