Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

THE NOITE

Luciano Szafir teve menos de 15% de chance de ficar vivo durante internação

LOURIVAL RIBEIRO/SBT

O ator Luciano Szafir sentado no sofá do The Noite

Luciano Szafir em entrevista ao The Noite; ator conviveu com bolsa de colostomia por 11 meses

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 30/6/2022 - 20h00

Luciano Szafir abre o jogo sobre os momentos mais tensos da sua luta contra a Covid-19 no The Noite desta quinta (30). O ator revela que a doença tomou o seu pulmão e, rapidamente, se espalhou para outras partes do corpo. Ele relembra que, ao precisar ser intubado, tinha mais chances de morrer do que sair da UTI (unidade de terapia intensiva) com vida.

"Para a minha mulher [Luhanna Melloni] falaram: 'olha, a gente vai intubar, vai colocar a bolsa de colostomia, e liga para todo mundo pois a chance de sair vivo é menos de 15%'. Para mim, é claro, não falaram nada", conta.

O galã explica que nunca imaginou ficar tão debilitado por conta da Covid, já que não era a primeira vez que enfrentava o vírus:

Peguei Covid algumas vezes. Confirmadas, quatro. Só uma vez foi pesada, que foi a que eu fiquei no hospital. Cheguei a 84% do pulmão tomado. Não fumo, não bebo. Tinha entrado em uma instituição de saúde uma vez na minha antes disso. [Me assustou] porque é muito rápido. Eu estava normal.

Szafir sofreu com diversas complicações, entre elas, uma embolia pulmonar. "Para tratar, usei uma carga forte de anticoagulante. Só que meu intestino não aguentou tudo isso e rompeu, inflamou, tudo. Morfina não dava conta. "Me lembro de estar na UTI desesperado e pedi: 'alguém me apaga'", explica.

O pai de Sasha Meneghel precisou usar uma bolsa de colostomia, passando a receber diversas mensagens de apoio nas redes sociais. Ele chegou a desfilar na São Paulo Fashion Week com o objeto a mostra:

No início, foram contra. Falei: 'é legal, sim, as pessoas precisam quebrar esse tabu'. Se eu visse uma pessoa assim eu ia estranhar por ignorância. Como eu era ignorante, imagino que muitas pessoas não saibam sobre o assunto.

Ele seguiu o tratamento por cerca de onze meses. "Brincava com meus filhos. Um deles deu uma bica na bolsa e saiu tudo. Ou estava dirigindo, fui arrumar o cinto e dei aquela batida. Você passa por situações constrangedoras. Estava em uma reunião, e você não controla até mesmo os gases", arremata o galã.

Segunda chance

Szafir relata que já havia passado por situações limites ao sofrer uma parada cardíaca e em um incêndio no apartamento em que morava com a apresentadora Xuxa Meneghel.

"Tamanho era o calor que eu queimei cabelo, sobrancelha, não conseguia passar. Estava tão quente que me pendurei no 15º andar", ressalta ele, que foi socorrido por ninguém menos que Tony Ramos:

Eu desmaiei e acordei na ambulância. Assim que abri o olho, vi o Tony Ramos. Ele perguntou se eu estava bem, mas falei: 'acho que não, estou vendo o Tony Ramos'. Ele virou e falou: 'para de graça, minha filha mora aqui nesse prédio'.

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.