Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CONVITE POLÍTICO

Líder no Ibope, apresentador da Record pode ser candidato a prefeito de Salvador

Reprodução/TV Itapoan

Apresentador do Balanço Geral em Salvador, José Eduardo Alves, o Bocão, foi convidado para a política - Reprodução/TV Itapoan

Apresentador do Balanço Geral em Salvador, José Eduardo Alves, o Bocão, foi convidado para a política

GABRIEL VAQUER

Publicado em 9/4/2019 - 5h50

Líder de audiência em Salvador e principal pedra no sapato da Globo no Ibope baiano, o apresentador José Eduardo Alves, o Bocão, pode ser candidato a prefeito de Salvador nas eleições de 2020. O âncora da versão soteropolitana do Balanço Geral, da Record, foi convidado pelo senador baiano Otto Alencar (PSD) a disputar o pleito no ano que vem.

Ao Notícias da TV, José Eduardo confirma o convite e diz que sondagens políticas não são novidade na sua carreira. "Já tem um tempo que pedem a minha entrada na política. Antes foram de dois partidos, agora veio do senador Otto Alencar", afirma.

O jornalista quer pensar antes de ter uma conversa definitiva com o partido e com o senador. "Pedi um prazo para eu consultar minha família e a direção da Record", conta.

Perguntado se a ideia de ser prefeito o encanta, Bocão apenas responde que sua pretensão política depende dos seus "dois pilares": seus filhos e a TV.

Alves é líder de audiência na Bahia desde julho de 2016, marcando médias de 17 pontos de Ibope na Grande Salvador. Na Bahia, um ponto no Ibope equivale a 13.554 domicílios ou 36.859 pessoas.

A TV Bahia, afiliada da Globo no estado, teve de se mexer e, no ano passado, contratou Jéssica Senra, ex-apresentadora da Record no horário da manhã, para concorrer com Bocão.

Jéssica assumiu o Bahia Meio Dia, o telejornal local do começo da tarde. O programa mudou sua linha editorial e passou a ter um tom mais comunitário, como faz o RJ1, no Rio de Janeiro, sede da Globo. Até o momento, porém, o Balanço Geral segue levando a melhor.

Caso resolva aceitar o convite, não será a primeira vez que um apresentador da Record aproveita a visibilidade da TV para tentar um cargo público. Celso Russomanno e Wagner Montes (1954-2019) são exemplos recentes.

Outro caso vem do Espírito Santo. Amaro Neto, também fenômeno de Ibope na versão de Vitória do Balanço Geral, foi o deputado federal mais votado da história do Estado, com 178.377 votos nas eleições de 2018.

Leia também

Web Stories

+
Próximos filmes da Marvel têm Pantera Negra e Os Eternos; confira lista completaAplauso final: Despedida de Paulo Gustavo abala família, amigos e fãsComo fênix, Juliette renasceu dentro do BBB21; relembre a trajetória da finalistaPlanta faz isso? Mesmo sem protagonismo, Camilla chega à final do BBB21Fiuk chora muito, se livra de paredões e chega até a final do BBB21

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou dos casais do Power Couple Brasil 5?