Crise na TV de ACM

Na Bahia, Record derrota a Globo pela primeira vez durante 16 horas

Reprodução/TV Itapoan

José Eduardo Alves, o Bocão, do Balanço Geral Bahia, que derrota o Jornal Hoje e Vídeo Show - Reprodução/TV Itapoan

José Eduardo Alves, o Bocão, do Balanço Geral Bahia, que derrota o Jornal Hoje e Vídeo Show

DANIEL CASTRO - Publicado em 02/03/2018, às 06h05

Afiliada da Record na Bahia, a TV Itapoan aplicou anteontem (28) uma derrota histórica na Rede Bahia, da Globo. Ficou em primeiro lugar na média das 7h até as 23h. Foi a primeira vez que a programação da Record superou a da Globo durante tanto tempo em um importante mercado, a região metropolitana de Salvador.

Nessas 16 horas, a Itapoan cravou 13,8 pontos, contra 13,5 da concorrente no Ibope local. Cada ponto equivale a 13,7 mil domicílios.

A afiliada da Record não conseguiu superar as novelas da Globo e ficou alguns pontos atrás do Jornal Nacional, mas sua supremacia durante o dia fez a diferença. Por muito pouco, apenas três décimos, a Itapoan não foi a primeira na faixa das 7h à meia-noite, a principal para o mercado publicitário, e a Record poderia comemorar a liderança no "dia todo".

Controlada pela família Magalhães, do influente político e empresário Antônio Carlos Magalhães (1927-2007), a Rede Bahia vive uma crise de audiência sem precedentes. Não consegue atender à demanda do público local pelo noticiário policial.

Há um ano, a afiliada da Globo começou a perder para os jornais populares da Record, como o Balanço Geral. Em janeiro último, ficou atrás da Record na média das 7h às 17h e foi derrotada até por programas frágeis em São Paulo, como o Hoje Em Dia. Em fevereiro, viu a vantagem da concorrente se ampliar ainda mais: a Itapoan fechou o mês na liderança das 7h às 18h, por 10,7 a 10,4 pontos.

Para concorrer com a programação policial da Record e do SBT locais, a emissora fundada por ACM teve de apelar e quebrar um cânone do jornalismo da Globo: na última segunda-feira (26), mostrou um cadáver durante uma transmissão ao vivo no telejornal das 6h da manhã.

O mau desempenho da programação diurna compromete as médias de atrações do horário nobre. Anteontem, o Encontro com Fátima Bernardes marcou apenas 4,4 pontos na Bahia, contra 8,8 do SBT e 7,5 do SBT. O Vídeo Show teve 9,1, enquanto a Record liderou com mais que o dobro, 20,7 _o SBT anotou 6,2.

O fenômeno Outro Lado do Paraíso, que em São Paulo tem médias semanais acima de 40 pontos, na Bahia faz dez a menos. Anteontem, deu 31,7 pontos em Salvador.

Preocupada com a situação da afiliada, a Globo irá ambientar sua próxima novela das nove, Segundo Sol, no litoral da Bahia. A presença de atores baianos e axé music na trama de João Emanoel Carneiro não será mera coincidência. 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Paloma deve ficar em Bom Sucesso?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook