LEVOU R$ 250 MIL

Jakson Follmann vence Popstar; reality encara jurado carrasco e gafe de Taís Araujo

Reprodução/TV Globo

Jakson Follmann, Helga Nemetik e Taís Araujo no palco do Popstar em 29 de dezembro de 2019

Jakson Follmann levou R$ 250 mil para casa mesmo após duras críticas de Tony Tornado no Popstar

REDAÇÃO - Publicado em 29/12/2019, às 15h13

Jakson Follmann foi eleito campeão do Popstar na tarde de domingo (29). Preferido da temporada, chorou no palco ao receber o título e o prêmio de R$ 250 mil. "Estou feliz por tudo que está acontecendo na minha vida. Para mim, sempre foi um grande desafio, desde o começo do programa, subir no palco, me desafiar. Meu maior adversário era eu mesmo. Aquela conquista pequenininha de cada domingo faz muita diferença para mim", discursou ele ao vencer a concorrente Helga Nemetik, outra finalista do reality musical.

Para o encerramento de Popstar, Danilo Vieira, Eriberto Leão, Totia Meireles, Yara Charry, Helga e Follmann voltaram a se apresentar no palco em busca da vitória. A disputa foi dividida em três rodadas e eliminações.

No time de especialistas estavam Maria Rita, Fafá de Belém, Preta Gil, Tony Tornado, Projota, Dudu Nobre, Emílio Dantas, Alinne Rosa, o jornalista Artur Xexéo e Marcelo Soares, da gravadora Som Livre.

De volta à bancada, Tornado encarnou o jurado carrasco mais uma vez, como já tinha feito em outubro. Na época, foi comparado até com Vivi Guedes, personagem de Paolla Oliveira em A Dona do Pedaço, que foi bem dura e crítica no fictício reality Best Cake da novela de Walcyr Carrasco.

Follmann abriu a primeira rodada e ouviu do jurado uma rigorosa frase. "Já lhe vi em outras apresentações, e foi mais feliz", decretou Tornado ao dar 9.8 para a interpretação do ex-jogador para Propaganda, da dupla Jorge e Mateus.

Na sequência, Yara também recebeu 9.8 do carrasco, enquanto os outros experts deram só notas 10 para a performance de Non, Je Ne Regrette Rien, de Edith Piaf. "Não gabaritou por causa do seu Tony", alfinetou Taís.

E foi após esse momento que a apresentadora se atrapalhou e cometeu uma gafe ao vivo. Ao anunciar as entrevistas com os finalistas, trocou a palavra "papo" por "pau". "Agora você confere a segunda parte do meu pau... Ops, papo com os finalistas", anunciou ela, que acabou viralizando nas redes sociais.

Após a primeira rodada, Eriberto Leão e Danilo Vieira foram eliminados. Em sua despedida, o ator exaltou o rock nacional. O repórter bonitão, por sua vez, citou os rivais. "O trabalho do jornalista é acompanhar o talento alheio, e foi o que fiz no programa. Vim até aqui acompanhando o verdadeiro talento dos participantes, que estão aqui cantando lindamente", encerrou.

Segunda rodada

Antes de seguir com a segunda parte da eliminação, João Côrtes subiu no palco com os todos participantes da edição para cantar Anunciação, de Alceu Valença. Iniciando a nova fase da disputa, Follmann escolheu cantar Tocando em Frente, de Almir Sater. Yara deixou o francês de lado e se arriscou em Dona de Mim, de Iza.

Totia optou por Gota D'Água, de Chico Buarque, arrancando um julgamento rigoroso de Tornado. E sobrou até para o autor da música. "A Totia evoluiu bastante. Não estou de acordo com meus amigos [que deram notas 10]. Acho que musicalmente a pessoa tem que ousar. Se não ousar fica igual e para ela, cantar pior do que Chico Buarque impossível. Acho que a Totia está bem melhor da primeira vez que aqui se apresentou. Dei 9.8 com pesar", declarou.

Em seguida, Helga se apresentou com Listen To Your Heart, de Roxette, garantindo sua vaga para a grande final e eliminando Yara e Totia. "Chegar até aqui, até esta rodada, vocês não estão entendendo o que é", disse a atriz de 61 anos.

Antes da última rodada, Taís ainda ganhou uma homenagem de todos os participantes. Em um vídeo produzido pela atração, foi chamada de "grande artista", "generosa" e "inteligente" pelos colegas. Emocionada, agradeceu e puxou a orelha da produção. "Vocês querem me matar?", disse no palco antes de se atrapalhar novamente no comando da atração. "Não estou sabendo mais o que fazer. Vamos chamar o break", soltou antes do intervalo.

Grande final

Para o último duelo do Popstar, Follmann escolheu o hit Evidências, de Chitãozinho e Xororó, sendo aplaudido por Maria Rita e Alinne Rosa. "Ele tem um apelo popular. Ele soube escolher repertório para mexer", disse a cantora de cabelos rosados. Com as notas dos jurados, o finalista conseguiu 30,76 pontos.

Unbreak My Heart, de Toni Braxton, foi a escolha de Helga para duelar com seu rival. Aplaudida pelo fôlego ao microfone, ela foi ovacionada por Dudu Nobre. "É final e a gente espera, como no Ano-Novo, o estouro do champanhe. E foi", declarou. A apresentação, no entanto, lhe rendeu 30,46 pontos apenas.

Confira Jakson Follmann cantando Evidências, de Chitãozinho e Xororó: 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook