Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MEMÓRIA DA TV

Há 20 anos, Pedro Bial quase perdeu a vida após a final do primeiro BBB

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Pedro Bial à frente do Big Brother Brasil

Pedro Bial à frente do Big Brother Brasil; apresentador foi vítima de assalto e quase morreu

Thell de Castro

Publicado em 3/4/2022 - 6h30

Há exatamente 20 anos, um dia após apresentar a final da primeira edição do Big Brother Brasil, em 2 de abril de 2002, o apresentador Pedro Bial quase perdeu a vida no Rio de Janeiro. Em 3 de abril daquele ano, o jornalista foi vítima de um assalto seguido de tentativa de homicídio. Por volta das 22h30, ele teve seu carro perseguido por quatro bandidos que, em alta velocidade, o fecharam e o obrigaram a frear.

O fato aconteceu na Avenida Niemeyer, em São Conrado, perto do Motel VIP's. Os criminosos saltaram do carro e fizeram Bial sair do veículo. Quando o apresentador já estava rendido, um dos assaltantes apontou uma arma para o ouvido dele e disparou um tiro, que passou raspando, deixando-o quase surdo do lado esquerdo.

"Eles estavam muito nervosos e alucinados, e pareciam estar drogados. Eu estou bobo de estar vivo. Tenho certeza que Deus estava entre a bala e eu", afirmou o jornalista ao jornal O Globo do dia seguinte.

Se fingiu de morto

Na coletiva de imprensa realizada sobre o assunto, ele mostrou como foi a abordagem e disse que viveu uma "cena de terror". Bial ainda contou que logo depois do disparo se jogou no chão e levou a mão à cabeça, procurando sangue, pois achou que tinha sido atingido. Mas, felizmente, isso não aconteceu.

O apresentador do BBB se fingiu de morto para que os bandidos não atirassem novamente, já que estavam pegando o carro e fugindo em direção ao Vidigal. Os criminosos ainda levaram outro carro, que vinha logo atrás. Um terceiro veículo conseguiu escapar do assalto ao retornar na contramão.

Após a fuga dos criminosos, Bial pediu ajuda aos motoristas que passavam pelo local, sendo auxiliado por uma Kombi que o levou até uma cabine da polícia, onde foi feito o registro da ocorrência.

"É um problema que vem acontecendo há muito tempo. Essa violência é da criminalidade", constatou.

"Depois que Bial procurou a Polícia Militar, ele foi levado para a 15ª DP (Gávea), onde prestou depoimento, com a outra vítima do assalto. Ele estava nervoso e transpirava muito. A sua maior preocupação era com o ouvido esquerdo porque não escutava nada. Bial foi levado para a Clínica São Vicente, por seguranças da TV Globo, onde chegou aos primeiros minutos de hoje", informou a reportagem.

Folga agitada

A então esposa do jornalista, Isabel Diegues, que estava grávida de oito meses, não estava no carro por sorte, já que se encontraria com o marido para jantar, na Barra da Tijuca.

Depois, eles iriam para a festa de comemoração do encerramento do BBB, vencido por Kleber Bambam.

"Depois de 64 dias de Big Brother Brasil, o primeiro dia de folga dele foi bastante agitado", concluiu.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.