Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DEMITIDO DESDE MAIO

Globo ignora Zeca Camargo em reportagem sobre os 20 anos do reality No Limite

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O apresentador Zeca Camargo, numa paisagem de praia, segura mandala do programa No Limite, que ocorreu em 2000

Zeca Camargo foi o apresentador do programa No Limite, o primeiro reality show da TV Globo

REDAÇÃO

Publicado em 25/7/2020 - 12h58

Após dispensar Zeca Camargo em maio, a Globo ignorou o ex-funcionário em uma reportagem sobre No Limite, primeiro reality show exibido pela emissora e que foi apresentado pelo novo contratado da Band. No dia 23 de julho, a atração completou 20 anos de sua estreia.

Neste sábado (25), a repórter Tati Machado entrou no É de Casa por videochamada para mostrar como estão alguns dos "sobreviventes" da competição. Apesar de ter apresentado as quatro temporadas do reality de sobrevivência em condições adversas na fictícia Praia dos Anjos, Zeca Camargo não foi citado em nenhum momento nem apareceu nas imagens de arquivo exibidas. 

"Nessa semana, o programa No Limite, que foi o primeiro reality da Globo, completou 20 anos que estreou. Como o tempo passa rápido", disse Tati. "Nossa, [nessa época] eu tava começando como repórter do Video Show [1983-2019], eu lembro que tive que fazer muita reportagem sobre o No Limite. Bons tempos", fez questão de comentar André Marques. 

O apresentador do É de Casa também não mencionou o ex-colega do É de Casa, assim como o repórter do Gshow. Nas imagens, Zeca apareceu de costas por poucos segundos, mas só quem já viu o programa conseguiria reconhecê-lo.

"O tempo realmente passa rápido, e a gente se perguntou o quê? Por onde andam os participantes, por exemplo, a Elaine [Melo], que venceu a primeira edição", explicou a jornalista do Gshow, que chamou um vídeo exclusivo com depoimentos de alguns dos participantes da atração. 

Além da campeã Elaine, Andrea Baptista, Hilca Sales, Pipa Diniz, Thiago Toqueton e Vanderson Souza gravaram vídeos para falar sobre como estão suas vidas atualmente. O grupo ainda mantém contato via WhatsApp, sonha em se reencontrar e também deseja revisitar os locais onde as gravações do reality foram realizadas no Estado do Ceará.

Veja como estão os participantes:

reprodução/tv globo e gshow

Andrea Baptista teve dois filhos, mas perdeu um o mais velho após um acidente fatal 


Andrea Baptista 

Aos 49 anos, Andrea é advogada, mora no Rio de Janeiro e tem um filho de 14 anos, João Bernardo. A ex-No Limite perdeu o filho mais velho em um acidente. "O Elias Junior teria 25 anos. Perdi meu filho em 2013, quando ele tinha 18 anos. É um pedaço de mim que ficou. Mas o amor é uma coisa que transcende e é imortal", declarou Andrea. 

Uma das quatro finalistas da primeira temporada, ela relembrou a experiência. "Foi totalmente inovador, parou o Brasil para assistir a gente. Foi fantástico! Comi sete olhos de cabra", citou a advogada sobre uma das provas mais polêmicas.

reprodução/tv globo e gshow

Elaine Melo foi a primeira campeã do reality; aos 55 anos, a cabeleireira segue trabalhando 


Elaine Melo 

A vencedora Elaine tinha 35 anos na época em que participou do programa. Vinte anos depois, ela segue casada, tem duas filhas e continua trabalhando como  cabeleireira em São Paulo. "O que marca é tudo, mas, principalmente, as pessoas que ficaram com você. É muito intenso tudo, todos saímos vencedores, passamos por grande emoções e todo mundo cresceu", resumiu a hair stylist. 

Créditoreprodução/tv globo e gshow

A estudante Hilca Sales se tornou assistente social e atualmente vive em Salvador, na Bahia


Hilca Sales

Hilca tinha 20 anos quando topou entrar na versão brasileira do reality norte-americano Survivor e teve que aprender a lidar com a fama após sua eliminação. "Fiquei muito assustada pela repercussão, as pessoas me seguiam na rua, na saída da faculdade", recordou-se. Hoje em dia, ela mora em Salvador e trabalha como assistente social.

reprodução/tv globo e gshow

A vice-campeã Pipa Diniz atualmente é empresária, está casada e tem um filho de 15 anos


Pipa Diniz

A vice-campeã da primeira edição de No Limite, Pipa, atualmente tem 49 anos, um filho de 15, Vicente, e é casada. "Quando nos despedimos da Andrea e a da Juliana [as outras finalistas], fomos separadas: eu e a Elaine. Cada uma passou a noite sozinha. E aquilo pra mim foi muito intenso. Ali, eu perdi realmente todas as energias e já fui muito descontrolada, muito desestabilizada para a final", relatou. 

"Por isso, tenho certeza de que a Elaine foi a grande vencedora. Ela ainda tinha um limite maior que o meu", completou a empresária, que é sócia de um café na capital do Rio Grande do Sul.

CréditoREPRODUÇÃO/TV GLOBO E GSHOW

Thiago tinha 21 anos quando participou do No Limite; atualmente é empresário e tem um filha


Thiago Toqueton

Aos 41 anos, Thiago mora em Praia Grande, no litoral paulista, é casado e tem uma empresa de comunicação visual. Entre tantas memórias marcantes, não tem como não citar a prova em que comeu uma iguaria inesquecível. "Participar do No Limite foi uma loucura! A experiência mais marcante, com certeza, foi a prova do olho de cabra. É uma coisa que todo mundo pergunta como foi", contou ele. 

rEPRODUÇÃO/ TV GLOBO E GSHOW

Vanderson Souza trabalhou na Europa como bailarino, mas agora é produtor musical e pai 


Vanderson Souza

Já Vanderson se lembrou da atração como uma oportunidade única e maravilhosa. O baiano se mudou para a Europa após o No Limite para seguir sua carreira como bailarino profissional. Em 2013, ele voltou a morar no Brasil. Agora, ele atua como produtor musical em Salvador e é pai de Ana Beatriz, de 18 anos.

"Participar do No Limite me proporcionou boas amizades, uma excelente experiência de vida e marcou a vida de todos nós. A gente tem um grupo de mensagem e falamos que ainda vamos nos encontrar de novo em Beberibe, onde foi filmado tudo. Temos que voltar e passar umas duas noites em cada acampamento. Essa é a minha ideia", finalizou o sobrevivente.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?