Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO DOMINGÃO

Fausto Silva se emociona com homenagem a Rodrigo Rodrigues: 'Era fã'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Fausto Silva com microfone na mão na frente de um backdrop com os dizeres Domingão do Faustão

O apresentador Fausto Silva durante o Domingão do Faustão, da Globo, deste domingo (2)

REDAÇÃO

Publicado em 2/8/2020 - 18h18

Fausto Silva se emocionou ao abrir o Domingão do Faustão neste domingo (2) com uma homenagem ao jornalista Rodrigo Rodrigues (1975-2020), que morreu na última terça (28) aos 45 anos após dois dias internado em decorrência de complicações da Covid-19. O programa reprisou a sua participação no Ding Dong de março deste ano.

"Eu já era fã do cara como espectador assíduo do esporte, como ainda sou, e de canais como o SporTV, ESPN e Fox, ele era uma das estrelas lá da galera fera. Ele foi um dos caras que, nesses últimos anos, se tornou uma das grandes revelações [do jornalismo esportivo]. Muito talentoso como escritor, como músico, como jornalista", discursou o apresentador.

Ele se orgulhou de dar uma chance para o colega de profissão mostrar uma de suas maiores paixões no palco da atração, a banda The SoundTrackers, dedicada a trilhas de filmes.

"Trouxe a faceta dele musical e, para mim, foi uma honra conhecer um cara que eu curtia como expectador. Pena que ele veio como um cometa, cometa da amizade, com a missão de fazer amigos", comentou.

O marido de Luciana Cardoso ainda fez questão de frisar a ética e a idoneidade do repórter. "Gente que conviveu com ele, ao longo da carreira, sabe que ele deixou uma marca do seu caráter", disse.

Faustão também exibiu a participação do grupo Renato e seus Blue Caps na atração musical para celebrar a carreira do músico Renato Barros, que morreu na terça (28) de uma infecção pulmonar.

"Outra perda terrível, um dos maiores sucessos da Jovem Guarda. Para a nossa honra, ele também esteve aqui no Domingão para mostrar o seu talento", arrematou o artista.

Luto na Globo

Rodrigo Rodrigues morreu nesta terça-feira (28), aos 45 anos, após passar dois dias em coma induzido em decorrência de complicações da Covid-19. O titular do Troca de Passes, do canal SporTV, tinha sido diagnosticado com a doença em 13 de julho. Ele foi internado no Hospital da Unimed, no Rio de Janeiro, no fim de semana com trombose cerebral.

Após a demora na divulgação de um novo boletim médico, a Globo confirmou a morte encefálica do apresentador e emitiu uma nota de pesar. "A Globo se despede com carinho de Rodrigo, lamenta a sua partida tão prematura e se solidariza com a família e com os amigos", afirmou a emissora.

Veja a homenagem a Rodrigo Rodrigues no Domingão

Acompanhe a repercussão nas redes sociais:

Leia também

Web Stories

+
Nos Tempos do Imperador: Conheça os personagens da nova novela da GloboMeghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?