Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

COCOON

Morre aos 85 anos Wilford Brimley, ator de clássico da Sessão da Tarde

REPRODUÇÃO/IMDB

O ator Wilford Brimley caracterizado como um advogado em cena de Ausência de Malícia

Wilford Brimley em cena de Ausência de Malícia (1981); ator ficou marcado por filmes de fantasia

REDAÇÃO

Publicado em 2/8/2020 - 16h48

O ator Wilford Brimley morreu aos 85 anos no último sábado após dois meses internado em uma unidade de tratamento intensivo na cidade St. Jorge, em Utah, nos Estados Unidos. O artista ficou conhecido principalmente por papéis em filmes de ficção científica e fantasia como O Enigma de Outro Mundo (1982) e Cocoon (1985).

Diabético, ele enfrentou complicações com uma síndrome renal que o manteve internado por dois meses, segundo a sua agente Lynda Bensky em entrevista ao The New York Times.

Graças ao perfil de bonachão e o bigode característico, o intérprete foi escalado como uma dos senhores que recobram a sua vitalidade graças a seres alienígenas no longa-metragem reprisado à exaustão na Sessão da Tarde, mas que está longe da programação vespertina desde junho de 2003.

Na história, ele interpreta Benjamin Luckett, um aposentado desiludido com a vida que se mudou para um asilo na Flórida. Ao lado dos colegas Arthur (Don Ameche) e Joseph (Hume Cronyn), ele passa a nadar todos os dias em uma piscina que lhe devolve o vigor da juventude graças às propriedades mágicas de casulos de seres do espaço.

Em 1979, Brimley ganhou um dos seus personagens mais conhecidos do público norte-americano, o engenheiro nuclear Ted Spindler de Síndrome da China, das mãos do colega de profissão Michael Douglas.

A produção causou controvérsia no país depois que a usina nuclear utilizada em suas gravações sofreu um acidente apenas treze dias após o lançamento da película.

O ator começou a trabalhar inicialmente atrás das câmeras com adestramento de cavalos para produções hollywoodianas e passou a conquistar papéis maiores a partir dos anos 1950. Ele foi um dos principais parceiros do cineasta John Carpenter, criador de alguns dos principais sucessos de terror das décadas de 1970 e 1980.

TUDO SOBRE

Obituários

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?