Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SEGUROU O CHORO

Emocionado, Felipe Andreoli leva violão à TV para homenagear Rodrigo Rodrigues

Reprodução/TV Globo

Felipe Andreoli segura violão e o choro durante o SP1 de 28 de julho

Felipe Andreoli segurou o choro durante despedida ao amigo Rodrigo Rodrigues no SP1

REDAÇÃO

Publicado em 28/7/2020 - 13h38

A Globo derrubou todo o bloco esportivo do SP1 desta terça (28) para homenagear o jornalista Rodrigo Rodrigues (1975-2020), morto nesta manhã. Felipe Andreoli, que comanda essa parte do noticiário, apresentou uma homenagem ao amigo e teve de segurar o choro ao vivo ao levar para o estúdio um violão que era do apresentador.

"Você me dá licença, [César] Tralli, eu vou pegar um negócio que ficava aqui na nossa Redação, que é o violão do Rodrigo. Quando ele vinha aqui, ele tocava esse violão para animar a gente, com sua conversa", falou Andreoli, que saiu de cena rapidamente para voltar com o instrumento musical na sequência.

"O Rodrigo sempre foi um carioca de alma paulista, ele amava São Paulo, era apaixonado por São Paulo, e esse violão vai ficar pra sempre na nossa Redação", continuou o jornalista.

"Ele deixava [o violão] aí?", questionou Tralli. "É... E eu tenho certeza que esse violão vai sentir tanto a falta dele quanto a gente aqui. Eu digo que ele tá deixando poucos colegas, porque ele tá deixando na verdade muitos amigos. É um cara que em pouco tempo conquistou gente demais", respondeu Andreoli, emocionado.

"Então pra encerrar e lembrar o Rodrigo, a gente vai rodar um clipe que ele ajudou a produzir. Um clipe que encerrou o Esporte Espetacular recentemente, nele o Rodrigo toca violão. Não é esse, mas o Rodrigo toca, e é a nossa singela homenagem pra você, Rodrigo. Vai na paz, irmão!", encerrou o jornalista esportivo.

Luto no Esporte da Globo

Rodrigo Rodrigues morreu nesta terça-feira (28), aos 45 anos, após passar dois dias em coma induzido em decorrência de complicações da Covid-19. O titular do Troca de Passes, do canal SporTV, tinha sido diagnosticado com a doença em 13 de julho. Ele foi internado no Hospital da Unimed, no Rio de Janeiro, no fim de semana com trombose cerebral.

Após a demora na divulgação de um novo boletim médico, a Globo confirmou a morte encefálica do apresentador e emitiu uma nota de pesar. "A Globo se despede com carinho de Rodrigo, lamenta a sua partida tão prematura e se solidariza com a família e com os amigos", afirmou a emissora.

Vida e carreira 

Rodrigo de Oliveira Rodrigues nasceu no Rio de Janeiro em 18 de abril de 1975. Formado em Jornalismo pela Universidade Estácio de Sá, ele começou na TV em 1995, na Rede Vida, onde permaneceu por um ano, e atuou em vários programas de laboratório de rádio e televisão universitários. 

Em 2000, Rodrigo foi convidado pelo publicitário Roberto Medina para integrar a produção do Rock in Rio III, como produtor e repórter da TV Mundo Melhor. No ano seguinte recebeu convite do jornalista e crítico de TV Gabriel Priolli para fazer parte da equipe do programa Vitrine, da TV Cultura, na época apresentado por Marcelo Tas. Ficou até 2003, quando deixou a emissora.

Em 2004, foi repórter do programa Cor de Rosa, no SBT, onde participou pela primeira vez do Teleton. O jornalista foi para a Band em 2005, onde atuou como repórter do programa De Olho nas Estrelas (2004-2007), comandado por Leão Lobo.

No mesmo ano recebeu convite para voltar ao Vitrine, dessa vez como apresentador, ao lado de Sabrina Parlatore. Ainda em 2005 apresentou o Festival Cultura e participou do Teleton pela segunda vez.

Em 2006, foi escalado por Albino Castro para ancorar, ao lado de Maju Coutinho, o Cultura Meio-Dia na TV Cultura (2006-2077). Deixou o Jornal em setembro do mesmo ano, permanecendo no Vitrine até dezembro de 2010.

Foi em 2011 que Rodrigues estreou como apresentador do Bate-Bola na ESPN Brasil. Três anos depois, ele assinou com a TV Gazeta, onde apresentou o Ouça! (2015), programa sobre música em exibições semanais. Em 2015, ele voltou para a ESPN Brasil para apresentar o Resenha ESPN.

Em dezembro de 2017, foi anunciado como novo contratado do Esporte Interativo. Em 11 de janeiro de 2019, foi contratado pelo SporTV. No dia 27 de abril passou a ser apresentador eventual do Globo Esporte em São Paulo. Já em 27 de agosto do ano passado passou a ser apresentador do Troca de Passes, onde estava até hoje.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?