Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ESPN E FOX SPORTS

Disney fecha acordo com a Conmebol e vai transmitir Copa América na TV paga

LUCAS FIGUEIREDO/CBF

O técnico Tite com a mão na cintura enquanto comanda a Seleção Brasileira

O técnico Tite no comando da Seleção Brasileira; Copa América será transmitida pelos canais Disney

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 1/6/2021 - 12h56
Atualizado em 1/6/2021 - 13h22

A Disney acertou a compra dos direitos de transmissão da Copa América 2021 com a Conmebol e vai exibir todos os jogos da competição entre seleções na TV paga. O Notícias da TV apurou que as negociações duraram um mês, e o martelo foi batido nesta semana. Os funcionários de ESPN e Fox Sports, canais que vão transmitir os jogos, foram informados nesta terça-feira (1º) sobre a novidade.

O acordo não tem ligação com a definição da realização do evento no Brasil. As tratativas começaram no mês passado, quando as sedes ainda eram Argentina e Colômbia, que se recusaram a receber o evento por falta de segurança política e sanitária.

O SBT é o dono da transmissão da Copa América na TV aberta e tem um acordo para exibir as partidas de abertura, final e todos os confrontos da Seleção Brasileira. A Dentsu, agência responsável por negociar os direitos da Conmebol, procurava um canal para mostrar todas as partidas do torneio e fechou com a Disney.

Na fase de grupos, além da Venezuela, o Brasil enfrenta Peru, Colômbia e Equador. Os quatro melhores se classificam para as quartas de final e se juntam às quatro seleções que avançarem no grupo A, que conta com Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai.

Se a Seleção Brasileira for eliminada antes da final, o SBT pode escolher jogos de outra equipe para transmitir. A ESPN e o Fox Sports vão exibir todas partidas do torneio, que não terá uma plataforma de pay-per-view, como chegou a ser avaliado inicialmente. O anúncio oficial deve ser formalizado nos próximos dias, após a definição se, de fato, a Copa América vai acontecer.

Copa América no Brasil

Na segunda-feira (31), após a recusa de Argentina e Colômbia, a Conmebol pediu para o governo federal e para a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) que a Copa América fosse realizada no Brasil.

As autoridades nacionais atenderam a solicitação da entidade sul-americana e têm feito reuniões para definir os protocolos de saúde que serão adotados para receber as delegações.

A realização de um evento desse porte às pressas, em um momento que os casos de Covid-19 voltam a aumentar no Brasil, sofreu rejeição por parte da imprensa e de políticos, que pediram a convocação do presidente da CBF, Rogério Caboclo, para a CPI da Covid. Nesta terça (1º), o ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), também solicitou informações a Jair Bolsonaro sobre a Copa América no Brasil.

O presidente da República disse que entende como "piti" as manifestações contrárias ao campeonato da Conmebol no Brasil e credita as cobranças ao fato de os direitos de transmissão não pertencerem à Globo.

"Não tem torcida. Também começam agora as Eliminatórias. Temos Brasil e Equador na sexta. Alguém reclamou? Algum jornalista teve piti por causa disso? Não. Quando dei o sinal verde ouvindo meus ministros, houve uma hecatombe no meio jornalístico, que eu estaria importando uma nova cepa. Será por que na Copa América a transmissão não é da Globo, mas sim do SBT? Parece que é", soltou Bolsonaro.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Elenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreram

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas