EMPODERADA

De prisão de ventre a feminismo: seis assuntos que só Maisa consegue abordar no SBT

REPRODUÇÃO/TWITTER

Maisa Silva faz sucesso nas redes sociais com os temas que discute em seu programa no SBT - REPRODUÇÃO/TWITTER

Maisa Silva faz sucesso nas redes sociais com os temas que discute em seu programa no SBT

DÉBORA LIMA - Publicado em 06/04/2019, às 15h21 - Atualizado às 16h32

O Programa da Maisa faz sucesso nas redes socias desde a estreia no SBT, em 16 de março. Com quase um mês no ar, os temas debatidos pela apresentadora chamam a atenção dos internautas e fazem com que a hashtag #ProgramadaMaisa alcance o primeiro lugar dos assuntos mais comentados do Twitter. Os tópicos centrais das conversas com os convidados são os mais variados possíveis --vão desde temas importantes como feminismo e bullying a outros bem inusitados como prisão de ventre.

Essas temáticas dificilmente seriam abordadas na emissora de maneira direta e sem cair no ridículo se não fosse pelo programa da jovem, que não tem medo de mostrar suas opiniões fortes e abordar assuntos controversos. Confira alguns momentos em que Maisa Silva causou em sua atração: 

reprodução/sbt

Fernanda Souza conversou com Maisa sobre a pressão estética vivida por quem está na TV


Relação com o corpo

Logo no início do primeiro programa, exibido em 16 de março, Maisa perguntou para Fernanda Souza como era a relação dela com o corpo aos 16 anos. A apresentadora ressaltou que, na adolescência, é comum ficar insatisfeita com a própria imagem. "A gente fica se olhando, fica botando defeito onde tem e onde não tem", comentou. 

Fernanda Souza ressaltou que a pressão estética é ainda mais intensa quando se trabalha na TV. "Sempre tive uma preocupação maior por estar sempre vivendo uma personagem. Quando a gente vive a personagem, tem que ter o corpo dela. Durante muito tempo eu fui tendo o corpo que eu precisava ter. Depois, quando comecei a apresentar, falei: 'Agora posso fazer o que eu quiser'", contou.  

A atriz também lembrou que já precisou passar grandes por transformações corporais durante a carreira. "Quando eu tive que engordar, o papel era muito bom. E depois, quando eu tive que emagrecer, o papel era muito bom", referindo-se, respectivamente, às personagens Carola, de O Profeta (2006) e Isadora, da série Toma Lá, Dá Cá (2007-2009). "Estava ganhando pra comer", brincou Fernanda.

reprodução/sbt

O humorista Matheus Ceará relatou no programa as situações em que sofreu bullying na vida


Bullying

Em suas redes sociais, Maisa fala abertamente sobre a importância de combater o bullying. A garota também aproveitou a estreia do programa para conversar com Matheus Ceará sobre o assunto. O humorista contou que sofreu muito com essa perseguição na escola. "Vim do Ceará. Tinha sete ou oito anos de idade. Pobre, só tinha orelha, cabeça, corpo seco, um pé desse tamanho", desabafou. 

"A gente tem que ter muita responsabilidade com o que fala para as pessoas. Não só nesse caso, mas principalmente com esse lance de 'ah, mas é brincadeira. Antigamente era brincadeira e ninguém ficava chateado'. Provavelmente ficava sim, é que quem ficava chateado não tinha voz para falar 'essa brincadeira dói'. A partir do momento em que a brincadeira dói, não é mais brincadeira. É bullying", concordou Fernanda Souza, que também estava no talk show.

Por estar engajada nessa causa, o Programa da Maisa foi escolhido para lançar a campanha do SBT contra o bullying. O anúncio foi feito no fim do terceiro programa, exibido em 30 de março. "Se você for uma vítima de bullying, denuncie!", incentivou a jovem. Confira o vídeo: 

reprodução/twitter

Com Gretchen e Celso Portiolli como convidados, Maisa falou sobre os haters da internet


Haters

Com Gretchen e Celso Portiolli, Maisa falou sobre como hoje em dia as pessoas se escondem atrás das redes sociais para falar mal dos outros --os chamados haters, que costumam difamar e xingar os famosos na internet.

A apresentadora questionou como os jovens dos anos 1980 praticavam o hate (ódio, em inglês). Gretchen contou que isso não existia muito na época, mas que quando acontecia eram utilizados cartazes. "Eu tenho uma coisa para dizer pros meus haters: eu amo vocês. Sem vocês, a minha vida seria sem graça", declarou a cantora.

Já Portiolli lembrou que, quando trabalhava em rádio, os ouvintes que queriam detonar o apresentador ou os convidados ligavam para xingá-los durante o programa ao vivo. "Antigamente, se você quisesse ofender alguém, você tinha que ter a coragem de falar na cara", emendou o comandante do Domingo Legal.

reprodução/twitter

As cantoras Marília Mendonça, Maiara e Maraisa conversaram sobre as mulheres no sertanejo


Machismo no sertanejo

A apresentadora falou com as cantoras sobre o sertanejo antigamente ser predominantemente masculino e como elas contribuíram para a virada feminina no estilo musical. "Vocês saíram de abelha operária para abelha rainha ou não? Vocês já começaram em um nível maior?", questionou Maisa.

Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraisa entraram no mundo sertanejo como compositoras. As músicas escritas por elas fizeram muito sucesso na voz de duplas masculinas, já que muitas vezes as três ouviram que não havia lugar para mulher cantar no gênero musical. "O mercado hoje já virou para a mulherada. A gente consegue ter o nosso espaço", contou Maiara, no programa de 30 de março. 

reprodução/sbt

Maisa confessou que sofre com os longos períodos sem ir ao banheiro e divertiu a internet


Prisão de ventre

Até agora, o tema mais inusitado abordado por Maisa com certeza foi sua dificuldade em ir ao banheiro. Apesar de estranho, o assunto gerou piadas nas redes sociais e, mais uma vez, fez sucesso com os internautas.

Durante uma conversa descontraída, o programa exibiu um post no Twitter feito por Marília Mendonça, em que ela desabafava: "Queria que meu intestino funcionasse igual sua língua funciona".

Maisa não perdeu a oportunidade e dividiu com os telespectadores que também sofre com o problema. "Esse parece que foi feito para mim. Todos sabem que eu tenho uma prisão de ventre ridícula e parece que temos mais um ponto em comum", confessou. A jovem foi ainda mais longe no desabafo: "Tive que ir para o hospital. Eu era muito criança. Botar um remédio no, né?, ânus".

Confira algumas das reações do público na web:

 

 

 

reprodução/twitter

O jornalista Leo Dias e o influenciador digital Carlinhos Maia foram os convidados de Maisa


Amor próprio

Como de costume, Maisa perguntou aos convidados deste sábado (6) como eles se sentiam aos 16 anos. Leo Dias falou que sua adolescência não foi das melhores e que sempre se sentiu feio. O jornalista também contou que sofria bullying dos colegas na escola por usar aparelho nos dentes e óculos de grau.

Durante a conversa, o programa exibiu algumas fotos de Leo quando criança e adolescente. Enquanto o jornalista falava que não gostava da sua própria imagem naquela idade, Maisa fez questão de dizer que ele era sim bonito e ajudou a elevar a auto-estima do convidado.

Já Carlinhos Maia deixou claro que nunca teve problemas com isso. "Eu me amo, eu me acho lindo do jeito que eu sou", contou. Apesar de já ter ouvido comentários maldosos sobre sua aparência durante a vida, o influenciador digital disse que não se importava. "Hoje eu estou rico", brincou. 

reprodução/sbt

A cantora Marília Mendonça respondeu comentários dos haters com a ajuda de Maisa Silva


Banho de sabedoria

O quadro fixo faz com que os convidados leiam e respondam alguns comentários maldosos feitos sobre eles nas redes sociais. Maisa vira uma espécie de psicóloga e os ajuda a lidar com os ataques dando respostas inteligentes.

Já participaram desse momento os convidados Matheus Ceará, Celso Portiolli, Gretchen, Marília Mendonça, Maiara e Maraisa e Carlinhos Maia. Na conclusão do quadro, a apresentadora manda os haters diretamente para o ralo.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook