Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Mocinho de Órfãos da Terra

Nordestino, Renato Góes rejeita rótulo de galã: 'O que vejo é responsabilidade'

Paulo Belote/TV Globo

O ator Renato Góes interpreta o mocinho Jamil na novela das seis da Globo, Órfãos da Terra  - Paulo Belote/TV Globo

O ator Renato Góes interpreta o mocinho Jamil na novela das seis da Globo, Órfãos da Terra

MÁRCIA PEREIRA, no Rio de Janeiro

Publicado em 6/4/2019 - 5h44

Nascido em Pernambuco, Renato Góes é um dos novos galãs da Globo. Ele emplacou como protagonista pela segunda vez consecutiva em Órfãos da Terra, mesmo após ter saído de Deus Salve o Rei de forma conturbada e ter sido substituído às pressas por Romulo Estrela. Porém, o ator rejeita o rótulo. Afirma que encabeçar uma novela só aumenta o seu desafio de não se repetir. "O que vejo é responsabilidade", diz.

Aos 32 anos, Góes conta que aprendeu com Marcos Caruso, quando ainda era um novato na carreira, na época de Cordel Encantado (2011), uma ótima lição. Ele tietou o veterano e pediu uma dedicatória em um livro.

"Ele escreveu uma coisa que eu nunca me esqueço: 'Que os aplausos venham para alimentar não o seu ego, mas sim a sua responsabilidade'. Então, acreditar no herói, no protagonista, é o que eu preciso representar. Se está vindo um atrás do outro, ao mesmo tempo que é um bônus, tem seu ônus. Eu não posso me repetir, eu não posso ficar enjoativo", comenta.

"Eu acho que esse rótulo [de galã] é atribuído ao personagem. Eu tenho feito papéis assim, mas também faço personagens que não têm essa característica. Eu acho que o galã não sou eu, mas uso dessa ferramenta para alguns trabalhos", discursa.

Góes está empolgado com o trabalho como o mocinho Jamil na novela das seis porque vê a história de Thelma Guedes e Duca Rachid como um "serviço". Ele diz que estar em uma novela que representa as pessoas em refúgio é especial.

"A gente tenta repassar para todo mundo entender o lado dessas pessoas que saem, não como fugitivos, mas como vítimas. A novela não fala só de sírios e libaneses, fala de muitas outras nações que necessitam dessa batalha toda."

Cara de árabe

Nordestino, o ator diz acreditar que tem alguma ascendência árabe, pois sempre foi confundido com pessoas da etnia. Para fazer o libanês Jamil, ele está estudando árabe há cinco meses. Sua preocupação é falar as citações, saudações, que as autoras pedem no texto da trama.

"Cada um arranjou um caminho para falar as palavras. Eu, por exemplo, uso uma boca mais fechada. Eu tento uma identificação, mas acho que o grande ganho é a gente estar preparado para falar bem o que tem de dizer."

Par romântico de Julia Dalavia, ele comenta que a atriz é uma pessoa que lhe traz sorte. Velho Chico (2016) foi uma grande vitrine para os dois atores. Eles também atuaram juntos em Os Dias Eram Assim (2017), quando Góes interpretou o seu primeiro protagonista.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de O Sétimo Guardião e de outras novelas! 

Últimas de Órfãos da Terra


Resumos Semanais

Resumo da novela Órfãos da Terra: Capítulo de 21 de setembro

Sábado, 21/9 (Capítulo 149)
Camila inicia seu depoimento. Dalila reclama de ter a alta adiada. Padre Zoran convida Missade a voltar a dar aulas no Instituto. Benjamin sente ciúmes de Letícia. Letícia fica encantada com o trabalho de Faruq no ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?