Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RECUPERADO

Bráulio Bessa critica governo Bolsonaro e revela detalhes de internação por Covid

Reprodução/TV Globo

Bráulio Bessa de barba, chapéu preto e camiseta da mesma cor

Recuperado da Covid-19, Bráulio Bessa desabafou no Encontro, nesta segunda-feira (31)

REDAÇÃO

Publicado em 31/5/2021 - 12h23

Bráulio Bessa, poeta do Encontro com Fátima Bernardes, participou do matinal nesta segunda-feira (31) para contar sobre o período em que ficou internado, após testar positivo para a Covid-19. Ele aproveitou o espaço para criticar o governo de Jair Bolsonaro, que recusou 14 vezes a compra de vacinas para o país. Já são 462 mil brasileiros mortos.

Já recuperado, o cordelista contou que começou a se sentir mal a partir do sétimo dia de diagnóstico. Antes disso, ele teve apenas sintomas leves. "Eu comecei a sentir cansaço, tosse seca e dificuldade de falar. No oitavo dia, eu desci para tomar café e eu não consegui, deitei no sofá da sala e dali saí em uma ambulância", afirmou.

Bessa contou que recebeu o primeiro atendimento em sua casa e lá descobriu que sua saturação estava 88, considerada baixíssima pelos médicos. Já com dificuldade para respirar, ele foi direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

"Saí de casa tomando acho que quatro litros de oxigênio", completou. "Tive muito medo de morrer, de uma doença que já tem vacina (...). De repente, eu estava deitado numa ambulância."

O artista fez duras críticas às autoridades. "Uma pandemia conduzida de forma irresponsável, como o nosso país tem conduzido, você não precisa estar com o vírus para ficar abalado", disse.

Confira abaixo o vídeo do momento em que Bráulio deixou o hospital:

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.