Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

POR CORONAVÍRUS

Bissexta em novelas, Denise Fraga desabafa: 'Fui abatida em pleno voo'

Reprodução/TV Globo

Por videochamada, Denise Fraga conversa com Carlos Tramontina no programa Antena Paulista

Denise Fraga conversa com Carlos Tramontina no Antena Paulista deste domingo (2): volta à TV

REDAÇÃO

Publicado em 2/8/2020 - 8h17

Na televisão desde 1987, Denise Fraga fez poucas novelas na carreira. Ela deveria estar no ar agora, com seu retorno ao gênero, em Um Lugar ao Sol, trama de Lícia Manzo que vai substituir Amor de Mãe na faixa das nove. A pandemia do novo coronavírus mudou todos os planos. "Parece que eu fui abatida em pleno voo", desabafou a atriz.

Pelo cronograma original da Globo, a história de Lurdes (Regina Casé) e sua busca por Domênico (Chay Suede) deveria ter chegado ao fim em 23 de maio, com Um Lugar ao Sol estreando no dia 25 daquele mês. A crise mundial de saúde interrompeu os trabalhos da trama de Manuela Dias em março, e sua volta ao ar acontecerá apenas em 2021.

Ou seja, a próxima novela das nove só estreará depois de quando já deveria até ter sido encerrada. "A gente não sabe mais exatamente quando vai começar, tem que acabar Amor de Mãe [antes]. Tudo ainda são dúvidas, mas a gente [da equipe] tem uma vontade e de certa maneira, as pessoas [telespectadores] também têm vontade", contou Denise no Antena Paulista deste domingo (2).

Essa não foi a única mudança na vida da atriz de 55 anos por causa da Covid-19. Ela estava em cartaz com a peça Eu de Você, que viajaria pelo Brasil depois de uma temporada bem-sucedida em São Paulo.

"Eu ia acabar a turnê e começar a novela. Essa pandemia, vou te falar, me deixou mal. Eu estava fazendo uma peça que me encantava, Eu de Você teve uma temporada linda em São Paulo. E não era só uma peça para mim, era uma experiência humana", compartilhou Denise na conversa com Carlos Tramontina.

Bissexta na TV

Apesar de ser uma atriz reconhecida e elogiada, Denise Fraga fez poucas novelas em sua vida. A última foi A Lei do Amor (2016), na qual apareceu apenas nos três primeiros capítulos iniciais como Cândida, mãe da protagonista Helô (Isabelle Drummond/Claudia Abreu).

Antes disso, ela tinha feito Uga Uga (2000), também como uma participação especial rápida. Novela inteira, do início ao fim, ela não fazia desde 1996, quando era contratada do SBT e atuou em Sangue do Meu Sangue.

"Como eu fiz pouca novela, as pessoas às vezes acham que eu não gosto de fazer televisão. E eu adoro. Do que você gosta? Você gosta de uma boa história. Eu tenho um grande amor pela minha profissão, eu agradeço todos os dias por ter achado isso na minha vida. Ter na vida alguma coisa que você ama e conseguir pagar as contas com isso, é quase uma receita de felicidade", valorizou.

Em Um Lugar ao Sol, Denise viverá uma mulher problemática. Por não ter se encontrado profissionalmente, a personagem, que ainda não teve seu nome divulgado, será instável. A história também marcará a volta de Cauã Reymond às novelas --ele interpretará gêmeos separados no nascimento.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?