Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DISPUTA POR MARCAS

Após 'vender' seu nome, Faustão corre risco de guerra milionária com a Globo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Fausto Silva usa camiseta e segura o microfone enquanto apresenta edição do Domingão do Faustão em abril

Fausto Silva no antigo Domingão: apresentador concedeu o nome de diferentes marcas para a Globo

VINÍCIUS ANDRADE e LI LACERDA

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 12/12/2021 - 7h00

Funcionário da Globo nos últimos 32 anos, Fausto Silva deixará de ter contrato com a líder de audiência no fim deste mês. O vínculo dele com a emissora, no entanto, não terminará em 2022. Enquanto prestou serviços para a empresa, Faustão concedeu o registro de diferentes marcas com o seu nome, algo que pode causar uma guerra milionária durante sua nova era na Band.

Até maio de 2031, a marca Domingão do Faustão é da Globo, o que significa que o apresentador não poderá usar o próprio nome atrelado a um dia da semana para batizar uma atração que ele venha a comandar. Por exemplo, não será possível criar um "Sabadão do Faustão" ou "Sexta com Faustão".

Se isso acontecer, a Globo terá o direito de contestar o uso e desencadear uma batalha judicial longa e cara com o comunicador. Além disso, a emissora também tem o registro no Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) de outros quadros com o selo de Fausto Silva.

Veja abaixo a lista de marcas de Faustão que têm a líder de audiência como titular:

  • Pegadinhas do Faustão (até fevereiro de 2023)
  • Galera do Faustão (até dezembro de 2023)
  • Avião do Faustão (até fevereiro de 2024)
  • Pizza do Faustão (até fevereiro de 2029)
  • Circo do Faustão (até dezembro de 2029)
  • Caminhão do Faustão (até julho de 2030)
  • Dança de Grupo no Faustão (até julho de 2030)
  • Seleção do Faustão (até setembro de 2030)

Como todos esses registros estão atrelados ao apresentador, Faustão teve que dizer ao Inpi que ele concedia o uso. Por ter contrato com a emissora na ocasião dos pedidos, o antigo titular do Domingão naturalmente fez a autorização.

Segundo a Lei da Propriedade Industrial, "não são registráveis como marca: pseudônimo ou apelido notoriamente conhecidos, nome artístico singular ou coletivo, salvo com consentimento do titular, herdeiros ou sucessores".

O nome Faustão e a marca Faustão Relógios são da empresa de Fausto Silva. Sem o apresentador no time de contratados, a Globo não vai mais explorar nenhum desses registros pelos próximos anos, mas pode usá-los para tentar causar problemas para a Band.

Globo x Faustão

A guerra por marcas se apresenta no campo das hipóteses, pois não é possível saber como ficará a relação entre a líder de audiência e o seu antigo funcionário a partir de janeiro, quando ele estreará como comandante do Faustão na Band, um programa diário e exibido no horário nobre, às 20h30.

Nas últimas semanas, o apresentador foi tema do quadro Isso a Globo Mostra, no Caldeirão com Marcos Mion, e reapareceu no Domingão durante um VT usado por Luciano Huck para homenagear Marília Mendonça (1995-2021).

Faustão foi impedido de se despedir do público em junho, quando foi afastado do programa que apresentou durante 32 anos. O apresentador e a Globo haviam informado em janeiro que ele ficaria no ar até o final deste ano, mas a líder de audiência não gostou de o comunicador ter anunciado que estrearia na Band em janeiro de 2022 e optou por tirá-lo do ar antes do combinado.


Leia também

Enquete

Com quem Irma merece ficar em Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.