Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DISPONÍVEL NO STREAMING

Perdidos no Espaço vai ter 4ª temporada? Saiba o futuro da série da Netflix

Divulgação/Netflix

Brian Steele e Maxwell Jenkins conversam e se tocam em cena da 3ª temporada de Perdidos no Espaço

Robô (Brian Steele) e Will Robinson (Maxwell Jenkins) em cena da 3ª temporada de Perdidos no Espaço

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 12/12/2021 - 6h30

Desde a estreia da terceira temporada no último dia 1º, Perdidos no Espaço (2018-2021) se manteve entre as produções mais assistidas no catálogo da Netflix. O anúncio de que os novos episódios seriam os últimos deixaram os fãs da série órfãos antes mesmo do lançamento. No entanto, o final ambíguo apresentado na atração fez com que o público se questionasse: afinal, o serviço de streaming vai produzir um quarto ano?

A resposta oficial é: não. A Netflix confirmou que a terceira temporada encerraria a história da família Robinson ainda em março de 2020, poucos meses após o lançamento da segundo ano. Para piorar a situação, houve uma espera de quase dois anos para a estreia da nova leva de episódios.

Na época do anúncio, o produtor executivo e showrunner Zack Estrin pontuou que o plano sempre foi contar a história da família que se perde no vasto espaço sideral em três temporadas.

"Desde o começo, nós sempre vimos a história particular dos Robinsons como uma trilogia. Uma história épica de aventura dividida em três partes com início, meio e fim bem claros", destacou Estrin em suas redes sociais.

"Também é importante notar que, com o que esses personagens passam apenas tentando sobreviver a cada episódio, se alguém merece parar para recuperar o fôlego antes da próxima missão, são Penny, Judy, Maureen, John, Don West, a Dra. Smith, o Robô e, claro, Debbie, a galinha", completou o showrunner, enumerando os personagens principais da atração.

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Família Robinson em clima de despedida na 3ª temporada

Família Robinson em clima de despedida

Apesar de ter encerrado o arco da família Robinson de forma digna, parte do elenco de Perdidos no Espaço ficou triste de ter que dizer adeus à série neste momento.

"Pessoalmente, para mim, é um sentimento agridoce", contou Mina Sundwall, intérprete da irônica e corajosa Penny Robinson, ao site ScreenRant. "Acredito que também será agridoce para as pessoas que amam assistir à série. É [um sentimento] amargo porque acabou, mas doce por causa do final que nós contamos. Eu fiquei muito satisfeita com ele."

Mina afirmou ter amado o final dado a Penny e a evolução pela qual a personagem passou durante as três temporadas. Para a atriz de 20 anos, os fãs vão concordar com ela. "Eu amo o arco da Penny. Amo onde ela termina. Havia muitas coisas pelas quais eu queria que ela passasse, e os fãs também expressavam isso. Acho que eles ficarão bem satisfeitos", encerrou.

Toby Stephens, que vive o patriarca John Robinson na série, corroborou com o relato de Mina. "Acho que quando você termina de fazer algo assim, você ganha essa família que você tem na tela, e eles meio que se tornam quase assim na vida. Você os viu regularmente ao longo de cinco anos e, de repente, aquela coisa chega ao fim, e você meio que perde um passo."

Aos fãs, resta esperar por um anúncio que pode nunca vir. O último episódio do terceiro ano amarra todas as pontas e encerra a jornada dos Robinsons de maneira competente, mas uma pegadinha deixada pelos roteiristas nas últimas semanas pode deixar muita gente com a pulga atrás da orelha.

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Smith (Parker Posy) e Will (Maxwell Jenkins)

Smith (Parker Posey) e Will (Maxwell Jenkins)

Final apoteótico

Anunciada como a temporada final da série, a terceira leva de episódios de Perdidos no Espaço potencializa ainda mais o sentimento de urgência característico da narrativa. Por mais que haja uma sensação clara de que a história dos Robinsons foi acelerada para concluir a trama, isso não é o bastante para afetar negativamente a atração como um todo.

Os oito episódios do terceiro ano encerram os arcos de todos os personagens até chegar em um final apoteótico, digno das melhores séries originais presentes no catálogo da Netflix.

Por ser a mais curta da série, a terceira temporada não escapa de certos tropeços pelo caminho. A agilidade com que a trama evolui para culminar na guerra final entre humanos e robôs alienígenas atrapalha alguns arcos que mereciam mais destaque, como o de Judy Robinson (Taylor Russell) e o tão sonhado reencontro com Grant Kelly (Russell Hornsby), seu pai biológico.

Desde o início, Perdidos no Espaço foi uma série tomada pela positividade. Por mais dificuldades que a família Robinson enfrentasse (e foram muitas), havia sempre uma solução a se encontrar. No meio disso, a valorização de amor, amizade, confiança, coragem e redenção foram temas constantes, sempre influenciando no arco pessoal de cada personagem --principalmente Will (Maxwell Jenkins) e Dra. Smith (Parker Posey).

Mesmo que tenha chegado ao fim, Perdidos no Espaço é uma série que não deveria ficar renegada aos confins do catálogo da Netflix. Em tempos difíceis de pandemia, uma série que exala ternura e positividade pode vir bem a calhar.

Assista ao trailer legendado da terceira temporada:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.