MAIS MÚSICA

Após oito anos, MTV anuncia a retomada do projeto Acústico MTV no Brasil

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Kid Abelha participou do Acústico MTV em 2002 e seu disco teve 2 milhões de cópias vendidas - REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Kid Abelha participou do Acústico MTV em 2002 e seu disco teve 2 milhões de cópias vendidas

GABRIEL PERLINE - Publicado em 28/11/2018, às 06h05

Considerado pela crítica um dos projetos de maior prestígio da MTV, o Acústico MTV voltará a ser produzido a partir de 2019, oito anos após o seu cancelamento. A última edição brasileira foi gravada em 2011, com Arnaldo Antunes, quando o canal ainda era operado pelo Grupo Abril. A produção entrou em hiato por conta do reposicionamento da MTV, desde 2013 sob a gestão da Viacom, no mercado nacional.

"O Acústico nunca deixou de ser um produto da MTV. Esse ano a gente já fez um no México e um na Argentina, e eu acho que no Brasil precisou esse momento da MTV de construção, ao longo de cinco anos, para o mercado entender que é interessante o Acústico, tanto para as gravadoras como para a audiência. Acredito que agora estamos prontos pra voltar com esse produto", disse Tiago Worcman, vice-presidente de Programação e Conteúdo da MTV Brasil e América Latina, ao Notícias da TV.

O anúncio da retomada do Acústico MTV faz parte do reposicionamento da marca no país. Ao longo dos últimos cinco anos, a MTV ganhou a fama de "canal da pegação" por conta do excesso de reality shows de namoro e relacionamentos, como o De Férias com o Ex e o Are You The One?, que ajudaram a impulsionar a audiência. 

Atualmente, o canal dedica 12 horas de sua programação à música, com exibição de videoclipes, mas nem de longe lembra a antiga MTV, que tinha uma programação diversa pautada na cobertura musical, com telejornais, programas de humor, listas e outros formatos que tinham a música como pano de fundo.

Tiago Worcman é vice-presidente de Programação e Conteúdo da MTV (Foto: Juan Guerra/Divulgação)

"A MTV nunca deixou de tocar música, música faz parte do DNA da marca, é superforte. A gente tem 12 horas de música no ar todo dia. Um dos carros-chefes da nossa programação é o MTV Hits, que é das 17h30 às 20h, todos os dias, e é um sucesso, sendo trending topic diariamente. Acho que o Acústico MTV vai gerar mais um conteúdo relacionado à música, como também o MIAW, que agora já faz parte da nossa programação anual", frisou Worcman.

Mesmo com a crise na indústria musical, que fechou as portas de diversas gravadoras, o Acústico MTV irá além de um mero show com exibição na TV. A proposta do canal é transformá-lo em algo parecido com um documentário e expor em sua programação todo o processo de criação do evento, mostrando ao público a produção, bastidores, execução e a performance do artista da vez.

"A ideia é a gente ter um artista, no máximo dois por ano, porque a gente entende que o Acústico é um momento especial na carreira do artista. Ele tem que estar de alguma maneira querendo e preparado para apresentar de uma maneira diferente da trajetória musical dele. Então, não é que a gente vai ter isso todo trimestre, porque a gente precisa encontrar o artista certo, na hora certa da carreira dele para fazer esse Acústico", explicou o vice-presidente da MTV.

Nomes ainda estão sob análise, mas o objetivo do canal é sempre selecionar artistas que falem diretamente com o público que acompanha sua programação. "Serão artistas com uma pegada totalmente jovem e que dialogam muito com nossa audiência, a cara da MTV", disse Worcman.

O Acústico MTV estreou no Brasil em 1990 e teve participações icônicas, que resultaram em grandes volumes de vendas de CDs, como Titãs (1,8 milhão, em 1997), Legião Urbana (900 mil cópias, gravado em 1992 e lançado em 1999), Lulu Santos (900 mil cópias, em 2000), Cássia Eller (900 mil cópias, em 2001) e o recordista Kid Abelha (2 milhões de cópias, em 2002).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que é mais bizarro em O Tempo Não Para?
Duas mulheres com mais de 60 anos dizendo estar grávidas.
23.60%
Ninguém mandar nenhuma das 'grávidas' fazer teste em laboratório.
11.04%
Vilões que matam pessoas e continuam impunes.
11.55%
De uma novela que descongelou pessoas do século 19 se espera qualquer coisa.
53.81%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook