Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PERSONAGEM ETERNO

Ana Maria Braga evita aposentar Louro José do Mais Você: 'É muito cedo'

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Ana Maria Braga em entrevista concedida ao Fantástico, da Globo

Ana Maria Braga em entrevista concedida ao Fantástico; ela não quer aposentar o Louro José

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/11/2020 - 22h44
Atualizado em 8/11/2020 - 23h00

Uma semana depois da morte de Tom Veiga (1973-2020), Ana Maria Braga concedeu uma entrevista ao Fantástico. A apresentadora comentou sobre como foi difícil enfrentar essa primeira semana sem o colega de trabalho. Ao ser questionada pela repórter Renata Ceribelli se o Louro José vai continuar no Mais Você, ela evitou aposentar o personagem.

"É muito cedo para se dizer qualquer coisa. Obviamente o Tom é inigualável", disse a comunicadora ao dominical. "Então, agora nesse momento, eu perdi o grande amigo Tom e o meu filho, o Louro. Mas você olhando pra isso de frente, na verdade o Louro José existe", opinou.

"Ele pode não existir na interpretação magnífica do artista Tom Veiga, que deu vida a esse personagem. Mas o personagem vai continuar existindo. Se você pegar os grandes personagens da nossa vida, como o Mickey Mouse, eles fazem aniversários e são eternos. O Louro vai estar para sempre no programa", prometeu a apresentadora.

Ana Maria citou que essa semana foi diferente porque o Louro José ainda estava no matinal, recebendo as homenagens. "Eu rio e choro ao mesmo tempo, sabe quando você não caiu na real ainda, mesmo sabendo de tudo isso, da realidade? Acho que a partir da próxima semana é que a gente começa a fazer o programa. Vai ser um novo recomeço, tão difícil quanto", admitiu. 

Ana Maria Braga e o Louro José no Mais Você

Tom Veiga morreu em 1º de novembro, vítima de um AVC (acidente vascular cerebral) causado por um aneurisma. De acordo com a colega de trabalho, o intérprete de Louro José não cuidava da saúde como deveria, mas os dois nunca conversaram sobre a morte.

"A gente era amigo e confidente, se falava por telefone todos os dias durante a pandemia. Não [falava sobre a morte]. Eu nunca conversei com o Tom sobre como seria se um de nós morresse, 'o que você acha de ser enterrado assim?'. Eu penso em morrer de vez em quando porque me dão sustos com mais frequência (risos)", confessou.

"Ele [Tom] não, era um moleque jovem, que a bem da verdade não cuidava da saúde como deveria. Todos os amigos falavam: 'Plha, precisa dormir mais, fazer isso menos, ir no médico ver essa dor na coluna'. Mas era uma coisa impensável. A gente nunca falou sobre a morte", lamentou a amiga de Tom.

A apresentadora do Mais Você disse que o ator amava os outros demais, mas que não se cuidava como deveria: "Eu acho que eu devia ter botado ele no colo e dado umas palmadas em várias situações, que eu acho que de repente ele pudesse ter se cuidado melhor, se amado mais. Ele amou muito os outros e sofria muito por amor. Pensando nisso eu teria colocado ele aqui [no colo] e dado umas boas palmadas".

A partir de segunda-feira (8), Ana Maria Braga pretende iniciar uma nova fase em seu matinal, mas ela ainda não detalha o que planeja para o programa.

"Termino a semana com a certeza de que a gente teve um caminho muito generoso, eu tive a oportunidade essa semana de rever os nossos 21 anos de Globo, nos vários momentos que nós recordamos do Louro e de nossas vidas juntos. Agora me sinto abrindo um novo capítulo na segunda-feira, um novo olhar pra esse fim de ano que não tem fim. E não sei. Mas será", projetou.

Confira a entrevista de Ana Maria Braga: 


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas