Veja fotos

Sob Pressão: Após assassinato de Samuel, Carolina é acusada de erro médico

Mauricio Fidalgo/TV Globo

Carolina (Marjorie Estiano) dará medicamento que matará Samuel (Stepan Nercessian) em Sob Pressão - Mauricio Fidalgo/TV Globo

Carolina (Marjorie Estiano) dará medicamento que matará Samuel (Stepan Nercessian) em Sob Pressão

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 29/11/2018, às 05h12

Samuel (Stepan Nercessian) sairá do hospital de Sob Pressão em um caixão. Após descobrir o esquema de corrupção da atual gestora, Renata (Fernanda Torres), ele afirmará que vai denunciá-la. Terá uma gravação incriminadora, mas passará mal. Ela trocará os rótulos de um medicamento que será aplicado por Carolina (Marjorie Estiano). O ex-diretor morrerá, e a médica será acusada de erro médico.

O nono episódio da segunda temporada, que vai ao ar na próxima terça (4) na Globo e já está disponível no Globoplay, terminará com o casal de protagonistas rompendo o relacionamento. Evandro (Julio Andrade) não vai acreditar em Carolina, mesmo com ela insistindo aos berros que verificou a medicação que deu ao colega.

Após ser acusada de corrupção, Renata tentará impedir que Samuel coloque a boca no trombone porque ele assinou a compra de um equipamento "caindo aos pedaços" por um preço milionário.

reprodução/tv Globo

Evandro (Julio Andrade), Carolina e outros funcionários levarão caixão de Samuel até a saída

A personagem de Fernanda Torres também mostrará que todas as compras que fez na sua gestão estão assinadas por Evandro. Portanto, o cirurgião também será incriminado pelo superfaturamento dos produtos. 

"Você tem todo o direito de não concordar como eu trabalho, mas foi a forma que eu encontrei para fazer as coisas acontecerem. Acho também que é evidente que o hospital está melhorando. Acontece que eu também tenho o direito de não querer trabalhar com uma equipe que não esteja do meu lado. É muito difícil o que eu vou dizer pra você, mas, nesta gestão, o hospital não tem mais lugar pra você", dirá ela.

A corrupta oferecerá uma aposentadoria integral a Samuel, fazendo a linha "como eu sou legal, quebrei a cabeça até encontrar uma solução, não quero te prejudicar".

Ele não aceitará e mostrará a gravação dela falando que leva 10% dos contratos feitos. Samuel dirá que o conteúdo do áudio irá parar em todos os jornais.

reprodução/tv globo

Renata (Fernanda Torres) trocará rótulos de medicamentos para matar o ex-diretor do hospital

A administradora do hospital conversará com o assessor do secretário de Saúde. Roberto (Marcelo Serrado) mandará ela dar um jeito de se livrar do delator porque o que eles fazem é roubo e tem muito dinheiro envolvido, além de muita gente importante. Ela ficará desesperada. "A casa caiu", gritará Renata.

Samuel tentará dividir sua aflição com Evandro, mas ele estará atendendo um esfaqueado. O episódio também mostrará uma mulher que perderá um dedo por conta de fogos de artifício.

O ex-diretor acabará passando mal na frente da inimiga por falta de insulina. Ele sofre de diabetes, mas não se cuida. Desmaiará antes de aplicar o medicamento.

Reprodução/tv globo

Evandro e Carolina vão romper; cirurgião acusará a mulher de cometer um erro médico

Renata roubará o seu celular para ficar com a gravação e esperará um pouco para pedir socorro. Samuel será atendido e ficará estável, mas desacordado. 

Renata trocará os rótulos dos medicamentos e será a responsável pela morte do personagem de Stepan Nercessian. O episódio é o mais tenso e dramático da temporada. Fernanda Torres está muito bem no papel da corrupta que mata para esconder seu crime de "colarinho branco".

A terceira temporada da série já está sendo gravada e vai ao ar no ano que vem. Com direção artística de Andrucha Waddington, apontada como um diferencial positivo por Marjorie Estiano e outros atores, Sob Pressão é uma coprodução da Globo com a Conspiração Filmes.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que é mais bizarro em O Tempo Não Para?
Duas mulheres com mais de 60 anos dizendo estar grávidas.
23.60%
Ninguém mandar nenhuma das 'grávidas' fazer teste em laboratório.
11.04%
Vilões que matam pessoas e continuam impunes.
11.55%
De uma novela que descongelou pessoas do século 19 se espera qualquer coisa.
53.81%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook