Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MY LIFE IS GOING ON

Cantora de La Casa de Papel, Cecilia Krull planeja shows no Brasil em 2022

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Cecilia Krull durante show em Portugal

Cecilia Krull durante show em Portugal; cantora pretende se apresentar no Brasil ano que vem

PAOLA ZANON

paola@noticiasdatv.com

Publicado em 26/11/2021 - 11h00

A série La Casa de Papel trouxe várias tendências desde a sua estreia, em 2017; uma delas foi a trilha sonora. My Life Is Going On, que abre a atração, chegou a ser uma das músicas mais pedidas nas rádios do Brasil. É por isso que sua intérprete, Cecilia Krull, tem planos de vir ao país no próximo ano.

A cantora já colabora com trilhas sonoras de séries e filmes espanhóis há 11 anos, mas o enredo da Netflix deu a ela uma nova oportunidade em sua carreira. "Quando uma série estreia aqui na Espanha, é em uma emissora de TV. Só me dei conta do sucesso [de La Casa de Papel] quando minhas redes sociais começaram a se encher de comentários, inclusive do Brasil", conta ela em entrevista para o Notícias da TV.

"Tive a oportunidade de viajar pelo mundo, de ser conhecida, graças à minha participação na abertura. Eu já tinha uma carreira aqui na Espanha, menorzinha, e isso me permitiu realizar um sonho", comemora Cecilia. Por causa da pandemia da Covid-19, no entanto, ela precisou pausar os shows. A turnê voltará em 2022, com o Brasil na lista de países a serem visitados.

[Atenção: Este texto contém spoilers da primeira parte da quinta temporada de La Casa de Papel]

Música em português

Além de entoar a abertura, Cecilia voltou à trilha da série quando cantou Grândola Vila Morena, uma canção portuguesa. A música foi ao ar durante a morte de Tóquio (Úrsula Corberó), em meio a um tiroteio. Fã da série, a cantora se impressionou com a cena. "Foi muito impactante. Acho que para todos os fãs, foi uma imagem que impactou muito", declara.

Assim como Bella Ciao, a canção portuguesa também é um hino de guerra, já que fala sobre a Revolução dos Cravos em Portugal. O ato, no entanto, foi pacífico, diferentemente do retratado na cena. "Foi o contraste com uma canção tão bonita, tão pacífica. Na série, estão em guerra total, mas acho que Álex Pina [diretor da série] queria jogar com esses opostos", opina Cecilia.

Por ser em português, a música disparou em buscas em Portugal e no Brasil na época da estreia da quinta temporada. Apesar de ser espanhola, a cantora afirma que não teve dificuldade com a letra. "Eu sou grande admiradora da música brasileira: Caetano Veloso, Elis Regina, Djavan... Sou amante da bossa nova. Essas haviam sido minhas aproximações com o português", conta ela.

Fim de La Casa de Papel

Com o final da série se aproximando, a cantora tem sentimentos mistos. "Por um lado, me dá pena; por outro, eu não poderia ser mais grata pela oportunidade", ressalta. Cecilia ainda adianta quais serão seus planos para o próximo ano. "Vou lançar meu primeiro disco, isso é um sonho. Você pode imaginar? Espero que as pessoas gostem e recebam com carinho."

A intérprete ainda se anima com a agenda para 2022. "Já estou com novos projetos. Quero fazer muitos shows, espero ir ao Brasil logo, também é um dos meus sonhos", confessa ela, que agradece o carinho dos fãs brasileiros.

A última parte de La Casa de Papel estreia na Netflix na próxima sexta-feira (3), e Cecilia estará em Portugal, terra da música que fortaleceu ainda mais sua carreira internacional, para assistir. "Tem uma surpresa, mas vocês terão que esperar", promete.

Confira abaixo o trailer da última parte de La Casa de Papel:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.