Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AUTO POSTO

Os Simpsons brasileira? Série prevê quarentena e faz piada com isolamento

Reprodução/Comedy Central

O ator Walter Breda, com boné azul e uma máscara branca no queixo, faz biquinho em cena da comédia nacional Auto Posto

Nelson (Walter Breda) usa máscara no queixo em episódio de quarentena da comédia Auto Posto

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 28/7/2020 - 7h02

No ar desde 1989, a animação Os Simpsons ganhou fama de vidente ao prever alguns dos fatos mais insólitos das últimas três décadas. Mas a comédia brasileira Auto Posto, do Comedy Central, também tem seu momento adivinho: ela se antecipou ao coronavírus e fez um episódio sobre quarentena, que vai ao ar nesta terça (28). O isolamento social da ficção, em vez da aflição da vida real, provoca risadas no público.

No capítulo, uma infestação de ratos no posto de gasolina de Nelson (Walter Breda) faz com que Esdras (Lucas Frizo), o gerente puxa-saco, declare quarentena e tranque boa parte dos funcionários na loja de conveniência do local.

Como na vida real, o isolamento tem motivo nobre: evitar que a saúde do veterano dono do estabelecimento, que está abalada, fique pior. Mas um tijolo de maconha e uma sessão de terapia deixam ainda mais movimentada a convivência forçada.

"Eu lembro que, quando nós escrevemos esse episódio, em agosto do ano passado, ficamos pensando se era crível alguém querer trancar todo mundo em uma loja. Parecia uma situação absurda, bem no realismo fantástico que a série propõe. Era nosso episódio que eu achava mais surreal, e agora virou realidade", conta o criador da série, Marcelo Botta, que dirige o capítulo e assina o roteiro com Felipe Berlinck.

Dois momentos particulares do episódio chamam a atenção de Botta agora que a quarentena deixou de ser um delírio absurdo e virou uma (triste) realidade em boa parte do mundo. Um deles é quando Nelson decide discursar para sua equipe sobre o plano de contenção dos ratos --e tira sua máscara para falar.

"Eu lembro que o [Walter] Breda me perguntou no set se tirava a máscara, se colocava ela no queixo na hora de falar. E eu achei natural colocá-la no queixo. Não imaginava que meses depois ia estar vivendo isso, e que quando a gente vê alguém com a máscara no queixo fica puto com essa pessoa (risos)", destaca.

O segundo momento se dá quando alguns dos funcionários se cansam de ficarem isolados e começam a sair da loja de conveniência --alguns até fogem pela janela. E Esdras, preocupado com a saúde do patrão, faz um apelo aos colegas. "Gente, a quarentena ainda não acabou!", implora o capacho de Nelson.

"Eu fico pensando muito nessa frase, que agora ganhou um novo significado, porque cidades como São Paulo estão reabrindo, de uma maneira que eu acho precipitada. E é bem isso, a quarentena ainda não acabou, sabe?", diz Botta.

O criador de Auto Posto admite que sua ideia sempre foi fazer uma série atual, que abordasse temas contemporâneos, mas que jamais imaginou que teria um episódio que previsse o futuro. "Foi muito acaso. E a minha ficha só foi cair quando eu já estava de quarentena, na montagem dos capítulos, e vi a imagem do Nelson de máscara. Até aquele momento eu não tinha feito essa associação", lembra.

Agora, Botta encara sua série como um respiro de bom humor em meio à loucura que a sociedade tem enfrentado. "O audiovisual tem esse poder de te transportar para outro universo, durante aqueles 30 minutos você não se preocupa com os boletos ou com a pandemia, pode dar risada e se emocionar", finaliza.

O episódio da quarentena de Auto Posto vai ao ar nesta terça-feira (28), às 22h, no Comedy Central. Confira o trailer da comédia nacional:


Leia também

Web Stories

+
Harmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?