Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TODOS OS SPOILERS

O que acontece no final de La Casa de Papel? Saiba quem morre na 5ª temporada

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Álvaro Morte em cena da quinta temporada de La Casa de Papel, série da Netflix

Álvaro Morte em cena de La Casa de Papel, série que acabou com episódios liberadores nesta sexta (3)

VICTOR CIERRO VIEIRA

victor@noticiasdatv.com

Publicado em 3/12/2021 - 12h53

Com cinco episódios liberados nesta sexta-feira (3), La Casa de Papel acabou de vez na quinta temporada. O final da série da Netflix foi cercado por reviravoltas e colocou um ponto final ao assalto no Banco da Espanha. O Notícias da TV reuniu os principais acontecimentos do desfecho da produção que virou fenômeno mundial.

[Atenção: spoilers importantes do final de La Casa de Papel abaixo]

Após a morte chocante de Tóquio (Úrsula Corberó) na primeira parte da quinta temporada, liberada em setembro, havia uma certeza de que qualquer um poderia ser assassinado no final. Dessa vez, no entanto, não houve partidas que causaram dor nos fãs.

Do experiente Palermo (Rodrigo De la Serna) até o jovem Rio (Miguel Herrán), os assaltantes precisaram se proteger do exército espanhol dentro do banco. Enquanto a produção da Netflix acompanhou o desespero dos criminosos durante o assalto, a trama também mostrou flashbacks do icônico Berlim (Pedro Alonso).

Além do retorno de seu filho Rafael (Patrick Criado), La Casa de Papel contou com o regresso da misteriosa Tatiana (Diana Gómez). No final da primeira parte da quinta temporada, Tóquio conseguiu eliminar cinco soldados antes de morrer.

Apesar da superioridade numérica, a gangue do Professor (Álvaro Morte) não conseguiu capitalizar a vantagem por conta de Sagasta (José Manuel Seda). Comandante das Forças Especiais espanholas, o homem teve a capacidade de elaborar um plano para acabar com a operação.

Confira abaixo a lista com os principais spoilers do final da série:

Hovik Keuchkerian em La Casa de Papel

Bogotá é responsável pela extração

Extração do ouro

Ao longo dos cinco anos da série, o público sofreu com as mortes de Berlim, Moscou (Paco Tous), Nairóbi (Alba Flores), Oslo (Roberto García Ruiz) e a personagem de Úrsula. No entanto, o final de La Casa de Papel foi feliz e os protagonistas conseguiram extrair o ouro do Banco da Espanha.

Mas não foi uma missão fácil para a gangue. Após retirarem a reserva nacional espanhola do cofre, o trio composto por Berlim, Palermo e Professor transformou as barras em pequenas bolas de ouro dentro da instituição financeira.

Assim, eles foram capazes de transportar uma enorme quantidade pelos canos de Madrid. No sistema pluvial, o resto da gangue pegou o tesouro da Espanha e converteu de volta em lingotes. O problema é que apenas o ouro estava fora. Os assaltantes ainda precisavam sair do local.

Para isso, Lisboa (Itziar Ituño) e os os outros criminosos necessitavam dos lingotes. E, como todos os planos costumam dar errado, esse não foi diferente: eles foram interceptados por Rafael e Tatiana.

Pedro Alonso em La Casa de Papel

Berlim cantando em flashback

Flashback de Berlim

Assim como nas últimas temporadas, a segunda parte do quinto ano também contou com a participação do personagem de Alonso. Apesar de ele ter morrido, a série espanhola faz voltas ao passado para mostrar as histórias de Berlim e o planejamento do assalto ao Banco da Espanha.

Nos últimos capítulos da série Netflix, Tatiana pediu divórcio do criminoso. Desconfiado e possessivo, Berlim seguiu a mulher até descobrir seu segredo. Rafael, seu próprio filho, estava namorando a artista. Mesmo surpreso e com raiva, o assaltante decidiu falar com o novo casal.

O personagem de Alonso desmereceu o amor entre Rafael e Tatiana, além de atacar a mulher talentosa. Após o casal sair do estabelecimento, Berlim descontou toda sua raiva no bar. O assaltante quebrou vidros, copos e foi preso.

Depois de sair da prisão, ele e seu irmão, o Professor, se reuniram. Com uma nova perspectiva de vida e sem Tatiana ao seu lado, o criminoso começou a planejar o assalto à Casa da Moeda da Espanha, crime da primeira temporada da série.

Diana Gómez em La Casa de Papel

Tatiana em cena do barco

Ladrões roubados

Após extrair e fundir o ouro, os planos do Professor pareciam estar sob controle. No entanto, tudo mudou quando os carros da polícia chegaram ao sistema pluvial. Apesar da vantagem numérica, o líder da gangue optou por não abrir fogo contra as autoridades.

Rendidos, Professor, Alicia Sierra (Najwa Nimri), Marselha (Luka Peros) e Benjamín (Ramón Agirre) estavam prontos para serem escoltados até a delegacia. Depois de quinze minutos rendidos, porém, eles notaram algo errado com os procedimentos dos policiais.

Ao conseguirem sair do furgão, a gangue percebeu que todas as 90 toneladas de ouro foram roubadas. Ex-mulher de Berlim, Tatiana conhecia o plano inteiro do assalto ao Banco da Espanha. Junto com Rafael, a mulher contratou uma equipe para roubar a gangue do Professor. 

Esther Acebo em La Casa de Papel

Estocolmo sofreu com psicose

Conclusão do assalto

Todo o plano do Professor necessitava do ouro. A quantia roubada era o fundo de garantia da Espanha. Sem o dinheiro, o país estava destinado ao colapso e levaria a Europa para a sua maior crise financeira. O personagem de Morte pretendia usar esse trunfo para ter vantagem e negociar a liberação da gangue.

Com as 90 toneladas de ouro roubadas, o Professor decidiu entrar no Banco da Espanha para enrolar e negociar com o terrível Tamayo (Fernando Cayo). Enquanto isso, com a ajuda de Benjamín, a ex-inspetora Alicia procurava a reserva nacional do país.

O líder da gangue nunca havia planejado levar o ouro de volta para as autoridades. Para evitar o colapso da Espanha, manter o dinheiro e fugir da cena do crime, o Professor fez sua jogada de mestre. Inspirado no assalto de Berlim na Dinamarca, o protagonista usou latão para imitar os lingotes.

Apesar de não querer deixar o Professor ganhar, Tamayo aceitou todas as condições do criminoso e deixou a reserva nacional com barras de ouro falsas. Com isso, todos os criminosos conseguiram sair do Banco da Espanha sem serem detectados.

Miguel Herrán e Úrsula Corberó em La Casa de Papel

Rio e Tóquio em momento íntimo

Final feliz em La Casa de Papel

Antes de entrar no Banco da Espanha, o Professor deixou um recado com Alicia para seu sobrinho Rafael. Ao encontrar o rapaz, a ex-inspetora passou a mensagem para o filho de Berlim. Além de evitar uma troca de tiros, ele aceitou o pedido do líder dos criminosos para honrar o desejo de seu pai.

O Professor e sua gangue foram dados como mortos, exceto por Denver (Jaime Lorente). Antes da negociação entre Tamayo e o criminoso, o pai de Cincinatti saiu do Banco da Espanha. No entanto, o líder do grupo também conseguiu um plano seguro para o rapaz. Com um novo nome, ele e sua filha entraram para o serviço de proteção à testemunhas.

Em um avião, o grupo celebrou a missão concluída e os novos passaportes. Enquanto a gangue comemorou nos ares, Benjamín transportou as 90 toneladas de ouro em um caminhão para Portugal.

Assista ao trailer da parte final da quinta temporada de La Casa de Papel:


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.