Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NADA DE CHORO!

Não ganhou na Mega da Virada? Cinco séries para começar bem o ano

DIVULGAÇÃO/FOX

Terry Crews, o Julius de Todo Mundo Odeia o Chris, faz chorar de rir na série Brooklyn Nine-Nine - DIVULGAÇÃO/FOX

Terry Crews, o Julius de Todo Mundo Odeia o Chris, faz chorar de rir na série Brooklyn Nine-Nine

REDAÇÃO

Publicado em 31/12/2018 - 20h29

O fato de você ter errado os números vencedores da Mega da Virada, sorteada nesta segunda (31), não pode atrapalhar o início de 2019. Afinal, o que são R$ 302 milhões na conta se dá para começar o ano maratonando uma boa comédia? Por isso, para os brasileiros que não ficaram milionários, o Notícias da TV fez uma lista com cinco séries bem engraçadas. 

Entre as opções, estão a atual vencedora do Emmy, The Marvelous Mrs. Maisel, além da comédia policial Brooklyn Nine-Nine, que tem no elenco Terry Crews, o Julius de Todo Mundo o Chris (2005-2009), e uma das séries mais assistidas nos Estados Unidos atualmente, Young Sheldon. 

Confira a lista de cinco comédias para começar bem o ano de 2019 e dar boas risadas mesmo sem embolsar o prêmio da Mega da Virada: 

divulgação/amazon

Rachel Brosnahan na segunda temporada da premiada série The Marvelous Mrs. Maisel

The Marvelous Mrs. Maisel
Criada por Amy Sherman-Palladino, a mente por trás de Gilmore Girls (2000-2007), a comédia feminista The Marvelous Mrs. Maisel (Prime Video) conta a história de Miriam Maisel (Rachel Brosnahan), ex-dona de casa que se aventura no mundo da comédia stand-up na Nova York do fim dos anos 50, após se separar do marido. A série surpreendeu no Globo de Ouro 2018 e venceu duas categorias: melhor comédia e melhor atriz (Rachel), além de ter faturado cinco estatuetas no Emmy.

divulgação/cbs

Em Young Sheldon, Iain Armitage interpreta versão infantil do personagem de Big Bang Theory

Young Sheldon 
Com um ar de Anos Incríveis (1988-1993), Young Sheldon (Warner) traz um personagem cativante e conta uma história incomum, com a excelente atuação do pequeno Iain Armitage, revelado em Big Little Lies. Derivada de The Big Bang Theory, é uma comédia intimista e inteligente, sem aquelas risadas forçadas da produção original. A atração ficará disponível em breve no Globoplay. 

DIVULGAÇÃO/NBC

Sim, é ela. Ellie Kemper, estrela de Unbreakable Kimmy Schmidt, atuou na comedia The Office

The Office
Começar o ano assistindo a uma série ambientada em um escritório faz sentido? Sim, principalmente se for para projetar nos personagens de The Office (2005-2013) aquele seu supervisor ou chefe mala, além do colega de trabalho insuportável, e dar muitas risadas deles; ou, por que não, desejar que se deem mal. A série, disponível no Prime Video, não poupa piadas com situações que quem trabalhou em equipe já vivenciou. Por isso, é impossível não se identificar com os personagens. 

DIVULGAÇÃO/FOX

Terry Crews é um dos destaques de Brooklyn Nine-Nine, série que venceu o Globo de Ouro

Brooklyn Nine-Nine
Com fãs fervorosos, responsáveis pelo seu "descancelamento", Brooklyn Nine-Nine (TBS) escracha o tipo de série mais popular da TV: as protagonizadas por policiais e detetives. A delegacia fictícia tem tiras preguiçosos, sem noção, certinhos, desajeitados e folgados, todos com a responsabilidade de combater o crime em Nova York. Vencedora do Globo de Ouro de 2014, a comédia tem Terry Crews, o eterno Julius de Todo Mundo Odeia o Chris (2005-2009), no elenco. 

DIVULGAÇÃO/HULU

Josh (Josh Hutcherson, à dir.) enfrenta seu clone maligno (e bem dotado) em Future Man

Future Man
Josh Futturman (Josh Hutcherson) é um faxineiro sem rumo na vida que só quer saber de jogar videogame. Quando ele consegue zerar o jogo, acaba recrutado por dois personagens do game para salvar o mundo. Juntamente com Tiger (Eliza Coupe) e Wolf (Derek Wilson), ele vive aventuras em vários momentos do tempo.

Com produção dos comediantes Seth Rogen e Evan Goldberg, Future Man (Fox Premium) não demora a transformar o gênero aventura em uma grande sátira. As viagens no tempo sempre geram consequências ridículas, e o 12º episódio, Prelude to an Apocalypse, coloca Josh em uma luta contra seu clone no banheiro, com os dois completamente nus (até o imenso dote da cópia do protagonista vira piada).

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?