The Marvelous Mrs. Maisel

The Marvelous Mrs. Maisel

Ficha técnica: Comédia, EUA, 2017. Criação: Amy Sherman-Palladino. Elenco: Rachel Brosnahan, Michael Zengen, Marin Hinkle, Alex Borstein, Tony Shalhoub. Segunda temporada disponível no Prime Video.

Sinopse: A dondoca Miriam Maisel (Rachel Brosnahan) passa apuros ao se separar do marido, um vendedor aspirante a humorista de stand-up. Bêbada em um bar, após fazer um desabafo, ela recebe incentivos de uma desconhecida para virar uma comediante.

Por que assistir: Premiada com o Globo de Ouro e o Emmy de 2018, The Marvelous Mrs. Maisel propõe uma discussão bem-humorada sobre o papel da mulher na sociedade dos anos 1950. A protagonista desafia as convenções de gênero e não só vira uma mulher independente em Nova York, como assume uma profissão em um meio extremamente machista.

Outras recomendações

O Mundo Sombrio de Sabrina

O Mundo Sombrio de Sabrina

Ficha técnica: Chilling Adventures of Sabrina. Terror, EUA, 2018. Criação: Roberto Aguirre-Sacasa. Elenco: Kiernan Shipka, Ross Lynch, Lucy Davis, Miranda Otto, Michelle Gomez, Chance Perdomo. Disponível na Netflix.

Sinopse: Prestes a completar 16 anos, Sabrina Spellman (Kiernan) precisa escolher entre seu lado humano e sua metade bruxa. Incapaz de abandonar sua vida normal para estudar feitiçaria, ela vê os seus dois mundos entrarem em rota de colisão e decide confrontar Satanás.

Por que assistir: Com a proposta de misturar terror e comédia, Sabrina acerta no tom ao construir um universo feiticeiro repleto de bizarrices, como sacrifícios humanos e canibalismo. Ao mesmo tempo, consegue fazer humor ao apontar a surrealidade dos costumes. Kiernan Shipka, lançada em Mad Men, brilha como a protagonista.

Wanderlust

Wanderlust

Ficha técnica: Drama, Inglaterra, 2018. Criador: Nick Payne. Elenco: Toni Collette, Steven Mackintosh, Zawe Ashton, Joe Hurst, Paul Kaye, Emma D'Arcy, Andy Nyman. Disponível na Netflix.

Sinopse: Depois de anos juntos, três filhos e uma situação financeira confortável, os cinquentões Joy (Collette) e Allan (Mackintosh) entram em crise sexual. A cama esfriou, mas o amor permanece. Contra o divórcio, eles decidem abrir a relação e experimentar novos pares. 

Por que assistir: A série é uma produção da BBC, e isso já diz muita coisa. O texto é impecável e faz o telespectador refletir sobre os dilemas da sexualidade de quem está na faixa dos 50 anos e levando uma vida monogâmica e desgastada. Toni Collette, na pele da terapeuta Joy, é uma anti-heroína que põe sua vida pessoal e profissional em risco ao dar vazão à sua sexualidade reprimida.

The Kominsky Method

The Kominsky Method

Ficha técnica: Comédia, EUA, 2018. Criador: Chuck Lorre. Elenco: Michael Douglas, Alan Arkin, Sarah Baker, Nancy Travis, Danny DeVito, Lisa Edelstein, Emily Osment. Disponível na Netflix.

Sinopse: Dois amigos de longa data ficam mais próximos após uma tragédia afetar a vida pessoal de um deles. Sandy Kominsky (Douglas) é um ator veterano que virou professor, e Norman Newlander (Arkin) é seu melhor amigo e empresário.

Por que assistir: Criada por Chuck Lorre (criador de The Big Bang Theory), The Kominsky Method é um deleite. A série diverte e dá lições de moral enquanto conta as idas e vindas de uma bela amizade na velhice, cheia de sarcasmos, provocações e muito bom humor. O elenco de apoio é excelente, com veteranos (como Danny DeVito) e jovens (Emily Osment).

Confira todas as Recomendações

+ Lidas

Notícias da TV

Redes sociais