Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NERDS ON DEMAND

Globoplay passa a perna na Netflix e terá Big Bang Theory e Young Sheldon

Fotos: Divulgação/CBS

Simon Helberg e Melissa Rauch em cena da 12ª temporada de Big Bang Theory: em breve no Globoplay - Fotos: Divulgação/CBS

Simon Helberg e Melissa Rauch em cena da 12ª temporada de Big Bang Theory: em breve no Globoplay

LUCIANO GUARALDO e JOÃO DA PAZ

Publicado em 5/12/2018 - 5h51

O Globoplay deu uma cartada de mestre, passou a perna na concorrência e oferecerá The Big Bang Theory, série mais assistida da TV americana, em seu catálogo. A comédia nerd não é encontrada em nenhum serviço de video on demand nem nos Estados Unidos. Na plataforma da Globo, também estará o filhote da atração, Young Sheldon.

Atualmente, o fã brasileiro de The Big Bang Theory que quiser assistir à série precisa ligar a TV na Warner, que reprisa quatro episódios no horário nobre, ou comprar os DVDs.

A chegada ao Globoplay mudará esse quadro: quando todas as temporadas estiverem disponíveis, o espectador poderá ver o capítulo que quiser, na hora em que bem entender.

O anúncio oficial de que a série entrará na plataforma ainda não foi feito porque os últimos detalhes do acordo estão sendo fechados. Mas as negociações estão avançadas, e João Mesquita, diretor-geral do Globoplay, confirmou ao Notícias da TV que Big Bang vem aí: "Vamos ter todas as temporadas, e também Young Sheldon".

É mais um esforço da plataforma de streaming da Globo para trazer um conteúdo inédito e, assim, se diferenciar dos concorrentes no mercado. Na terça (4), em conversa com a imprensa, Mesquita anunciou que o Globoplay terá cem séries internacionais em seu catálogo até o fim de 2019 _hoje, são apenas 16.

The Big Bang Theory entrou para história da TV por mostrar os nerds na contramão das tramas pejorativas narradas no cinema. A atração, da rede CBS, apresenta o cotidiano de amigos superinteligentes e amantes de coisas geeks (de videogame a HQs) que sofrem para viver experiências comuns, como namorar ou ir a festas.

Em Young Sheldon, Iain Armitage interpreta versão infantil do personagem de Big Bang Theory

Na temporada passada, a comédia conseguiu um feito histórico. Pela primeira vez, venceu os até então imbatíveis jogos da NFL (liga profissional de futebol americano) exibidos nas noites de domingo pela rede NBC, ficando no posto de programa mais visto entre os norte-americanos na temporada 2017-2018. Teve uma média de 18,634 milhões de telespectadores por episódio da 11ª temporada.

A série chegará ao fim após o último episódio da atual 12ª temporada. Está atrás do futebol arrasa-quarteirão, mas é a mais vista da TV, à frente do hit NCIS.

Já Young Sheldon acompanha o jovem Sheldon (Iain Armitage, ex-Big Little Lies) aos 9 anos de idade, no fim da década de 1980. Exibida nos Estados Unidos após Big Bang Theory, a comédia surfa na onda da audiência da mãe e é a terceira série mais vista, com média de 10,83 milhões de telespectadores por episódio.

A atração ainda está em seu segundo ano, mas a CBS tem grandes planos para ela. O diretor de conteúdo da rede, David Nevins, declarou que Young Sheldon deve ocupar o lugar de Big Bang Theory na grade da temporada 2019-2020. Ou seja: será a âncora para as noites de quinta-feira.

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas