Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SÉRIE NATALINA

Mochi e shogatsu: Entenda os rituais japoneses de Dash & Lily, da Netflix

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Os personagens Dash (Austim Abrams, à esquerda) e Lily (Midori Francis, à direita) em cena da série Dash & Lily, da Netflix

Dash (Austim Abrams) e Lily (Midori Francis) são os protagonistas da série queridinha da Netflix

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 22/11/2020 - 6h45

Com uma protagonista mestiça, Dash & Lily trouxe destaque a alguns costumes japoneses, como fazer mochi e a comemoração do shogatsu, o ano novo japonês. Para quem não cresceu com o mínimo de contato com a cultura oriental, deve ser difícil entender o que estes rituais significam, mas o Notícias da TV explica.

[Atenção: este texto contém spoilers da série Dash & Lily] 

Na nova produção natalina da Netflix, Lily é neta de japoneses nascidos no Japão, porém filha de um norte-americano branco e de uma descendente que nasceu nos Estados Unidos, assim como ela. Portanto, a personagem principal é uma sensei (3ª geração de japoneses).

Em um dos episódios, Lily faz com que Dash --seu crush que ainda não conheceu pessoalmente a essa altura da trama-- participe de uma aula para aprender a fazer mochi, que é um bolinho de arroz glutinoso e doce.

Com uma textura bem peculiar, o bolinho é feito com arroz moído em pasta e moldado no formato desejado. Ele recebe uma camada de farinha para que não fique grudento.

O mochi pode ser consumido o ano inteiro, porém, durante o shogatsu (ano novo) o ato de se comer o mochi simboliza a renovação da esperança de fartura à mesa durante todo o ciclo (ano) que se reinicia. A presença do doce também é comum em casamentos, aniversários e até em velórios de japoneses budistas.

No Japão, o shogatsu é uma espécie de festival que pode durar vários dias na semana de ano novo. Dentro da tradição se distribui o mochi às pessoas presentes nas comemorações. Nessa época, muitas empresas fecham suas portas a partir do dia 28 ou 29 de dezembro, a fim de seguir o costume japonês de celebrar o Réveillon pelo menos até o terceiro dia do novo ano. 

Em Dash & Lily também vemos o avô da protagonista, Arthur Mori (James Saito), dar bastante importância para o shogatsu. Ele mantém a tradição de dar o otoshidama, que é um envelope de dinheiro para presentear crianças e adolescentes.

No costume japonês, os otoshidamas são usados pelo avô ou avó de uma família para presentear seus netos com dinheiro em ocasiões especiais como em seus nascimentos, batizados e aniversários. Mas isso varia, já que é possível ser dado a adultos também em comemorações de aniversário e em seus casamentos.

A rigidez do avô de Lily pode parecer um pouco exagerada para quem não cresceu próximo à cultura oriental, mas é um hábito japonês colocar os estudos e a família acima de todos os outros interesses da vida. 

Confira o trailer da série Dash & Lily, da Netflix: 


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
De vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas