Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VEJA ENTREVISTA

Julio Machado compara ator pornô com personagem de Malhação: 'Tem a ver'

Reprodução/HBO

Julio Machado nu em cena de Hard, série nacional da HBO Max

Julio Machado vive o ator pornô Marcello Mastroduro em Hard, série nacional da HBO Max

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 18/8/2021 - 6h35

A dramaturgia oferece aos atores e atrizes a possibilidade de viver diferentes personagens ao longo da carreira. Mas para Julio Machado, protagonista de Hard, interpretar um ator pornô na série nacional da HBO Max não é muito diferente de dar vida a um policial herói em uma produção voltada para os jovens, como Malhação.

Para explicar o seu ponto, Machado usa a própria experiência. Em Hard, ele vive Marcello Mastroduro, o principal ator de uma produtora especializada em filmes pornográficos acostumado a gravar cenas pra lá de eróticas. Por outro lado, ele também deu vida a Marco Rodrigo, personagem central do núcleo adulto de Malhação: Toda Forma de Amar (2019).

Em entrevista exclusiva ao Notícias da TV, o ator diz entender a dificuldade para assimilar a comparação, mas ressalta que seu ponto faz muito mais sentido do que algumas pessoas imaginam.

Eu sei que é esquisito mas, no fundo, um personagem como Marcello não é tão diferente daquele que eu fiz em Malhação. Tem a ver. Para mim, como artista e cidadão, sempre há algo que me traz motivação. O que me atraiu no Marcello foi a oportunidade de trabalhar a questão da masculinidade frágil. Se pararmos para pensar, a gente vai encontrar esse exemplo em Malhação, que usa uma temática jovem, leve. É o mesmo homem contemporâneo saindo de um lugar depois de o colocarem ali.

No caso do ator pornô, Machado pontua que Marcello precisou se reconstruir como pessoa após se apaixonar por Sofia (Natália Lage). Antes um astro com milhares de filmes (e mulheres) no currículo, o personagem se vê em uma realidade nunca antes experimentada quando passa a estar em um relacionamento verdadeiro.

"Isso [masculinidade frágil] é o que está fervendo neste momento, é o que a dramaturgia nos proporciona. O Marcello tem suas particularidades, é um homem que precisa se reinventar. Ele precisa lidar com fragilidades, e ninguém nunca o ensinou sobre isso. Para a minha viagem, é o que me motiva como ator. No fundo, é tudo um trabalho", ilustra.

Com o intuito de melhorar a experiência do elenco no set de Hard, a HBO Max colocou diversos artistas da indústria pornô nos bastidores para auxiliar na construção dos personagens. Para Machado, essa convivência não apenas enriqueceu o seu trabalho como ator como também o ajudou a superar preconceitos contra esse universo.

O mesmo aconteceu com Natália Lage, que interpreta a protagonista Sofia. À reportagem, a atriz de 42 anos relata que estereótipos construídos pela sociedade acerca da indústria pornô foram derrubados com a convivência com pessoas que trabalham nesta indústria.

"Alguns preconceitos meus começaram a ser descontruídos ao encontrar essas pessoas. Eu acredito muito nas relações humanas. Nós fazemos alguns estereótipos de universos com os quais não convivemos, mas quando nos aproximamos, nos reconhecemos", explica.

De acordo com Natália, essa imersão dentro da indústria pornográfica para interpretar Sofia acabou lhe revelando alguns pontos positivos desta realidade com os quais nunca havia tido contato.

Existem vozes e pessoas, principalmente mulheres, que estão tentando articular um discurso de transformação desse universo e fazer um pornô mais feminista, que converse com o prazer feminino e que tenha outras dimensões estéticas. Levar o pornô para o lado do erotismo, trazer esse aspecto erótico que não é só de comercialização do sexo, mas de liberação do feminino ou da sexualidade de um modo geral.

REPRODUÇÃO/HBO

Natália Lage em cena de Hard

Desafios iguais

Se para Julio Machado viver um ator pornô não foi muito diferente do seu papel em Malhação, para Natália, interpretar Sofia possibilitou passar por duas experiências muito distintas em uma mesma personagem: ser dona de uma produtora pornô e também mãe.

Ao Notícias da TV, a atriz explicoa que vivenciar o universo pornográfico de Hard foi tão desafiador quanto interpretar uma mãe solo com dois filhos adolescentes.

"Embora eu tenha 42 anos, ainda não tenho filhos. Ela é mãe de dois adolescentes e, para mim, descobrir como era isso, lidar com dois sendo que não tive nem um bebê, era muito desafiador. Ser mãe e produtora de pornô são dois universos que eu não conhecia, foram desafios e eu fui descobrindo como lidar com cada um deles", conclui.

Assista abaixo às entrevistas com Natália Lage e Julio Machado:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas