Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

1899

Criadores de Dark fazem terror com imigrantes europeus em série da Netflix

JAN RASMUS VOOS/NETFLIX

Elenco de personagens reunidos em montagem como se estivessem reunidos em um barco com nuvens entre tons avermelhados ao fundo

Personagens na primeira foto de 1899; série alemã da Netflix está em produção

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/5/2021 - 12h01

A Netflix divulgou o teaser de apresentação da série alemã 1899, nova aposta dos criadores de Dark, Jantje Friese e Baran bo Odar, na plataforma. A história de terror envolve a viagem de imigrantes europeus dentro de uma embarcação em jornada até os Estados Unidos no século 19. A trama está em produção e ainda não há previsão de estreia da primeira temporada.

Os episódios irão acompanhar um grupo de passageiros de diferentes origens culturais partindo em busca de uma vida melhor no Novo Mundo. O inesperado encontro com outro barco à deriva faz com que a tripulação passe a enfrentar pesadelos no trajeto, com seus dramas e segredos pessoais vindo à tona.

Responsáveis por Dark, a produtora Jantje Friese e o diretor Baran bo Odar assinaram contrato de exclusividade com a Netflix em 2018, antes da estreia da segunda temporada da série, que teria ainda mais um ano. Segundo o acordo, o casal alemão precisa desenvolver projetos especiais até 2023 para a plataforma.

O elenco de 1899 reúne nomes como Emily Beecham (Into the Badlands), Aneurin Barnard (The Goldfinch), Andreas Pietschmann (Dark), Miguel Bernardeau (Elite), Maciej Musial (The Witcher), Anton Lesser (Game Of Thrones), Lucas Lynggaard Tønnesen (The Rain), Rosalie Craig (London Road), Clara Rosager (The Rain), Maria Erwolter (The Ritual) e José Pimentão (Al Berto).

Em entrevista ao site Deadline, os criadores explicam que a pluralidade do grupo foi proposital. "Realmente teve que ser uma colaboração europeia, não apenas o elenco, mas também a equipe. Sentimos que, com os últimos anos em que a Europa está em declínio, queríamos dar um contraponto ao Brexit e ao nacionalismo em ascensão em diferentes países para voltar àquela ideia de Europa e europeus trabalhando e criando juntos", comentou Jantje.

Odar revelou que a pandemia da Covid-19 mudou o planejamento das gravações. "Somos cineastas antigos. Estamos acostumados a ir a locais reais, usando sons reais e coisas assim. Esse era o plano para este show", disse. "A pandemia realmente nos atingiu e tivemos que discutir como poderíamos fazer um show multi europeu durante esse tempo. Era realmente a pior ideia. Rapidamente percebemos que não seria possível em um futuro próximo."

A solução foi o Studio Babelsberg, na Alemanha, com gigantesco palco virtual. A tecnologia é semelhante a utilizada na produção de The Mandalorian, do Disney+: filmagem dos atores e criação dos cenários ao redor em tempo real, com ilusão de gravação ao ar livre. Isso acaba por baratear a produção.

"Originalmente, planejamos viajar para a Espanha, Polônia, Escócia, todos os tipos de localidades. Abraçamos totalmente a ideia de trazer a Europa até nós", explica Odar. "Realmente ajudará os cineastas a pensar nas histórias de maneira diferente. Uma vez que você começa a trabalhar com isso, faz com que você escreva as cenas de forma diferente, permite que você explore coisas que você não seria capaz de explorar em um cenário natural", afirmou Jantje.

Confira o primeiro teaser de 1899:


Leia também

Web Stories

+
De cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileirasCaso Evandro e A Mulher na Janela chegam aos streamings; saiba mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?