Lee Daniels

Criador de Empire culpa Jussie Smollett pelo cancelamento da série

Reprodução/Build

O ator Jussie Smollett ao lado do produtor Lee Daniels, cocriador de Empire, em entrevista de 2017 - Reprodução/Build

O ator Jussie Smollett ao lado do produtor Lee Daniels, cocriador de Empire, em entrevista de 2017

REDAÇÃO - Publicado em 11/06/2019, às 17h19

Cocriador de Empire, ao lado de Danny Strong, Lee Daniels culpou o escândalo envolvendo Jussie Smollett como decisivo para o cancelamento do drama musical. Em entrevista para o site Vulture, ele foi direto após ser questionado se toda a situação acerca do ator induziu a rede Fox a acabar com Empire: "Certamente isso influenciou bastante".

Intérprete do cantor gay Jamal na série, Smollett se viu enrolado em um escândalo iniciado em janeiro deste ano. Ele alegou ter sido atacado por dois homens em Chicago, no que definiu como um crime de ódio e homofobia. Após uma longa investigação, a polícia local concluiu que ele mesmo armou tudo.

Em março, Smollett teve o caso contra ele arquivado com o fim das 16 acusações. Nesse meio tempo, ele passou de mártir da causa de minorias que sofrem agressões todos os dias a mentiroso e interesseiro, uma pessoa que armou um crime para ganhar destaque na mídia.

Durante as investigações da polícia, Smollett foi suspenso de Empire, que estava gravando os episódios finais da quinta temporada. O drama musical já se encontrava no limbo e corria risco de ser cancelado. Como Daniels mesmo confirmou, todo esse imbróglio influenciou a Fox a acabar de vez com a atração.

No fim de abril, a Fox renovou a série para uma sexta temporada, mas duas semanas depois bateu o martelo e anunciou que ela chegaria ao fim nessa leva de episódios. E Smollett não fará parte dos capítulos derradeiros.

No Brasil, Empire é atração do canal pago Fox Premium 1 e também faz parte da programação da Globo. 

'Envergonhado'

Daniels não se escondeu ao ser questionado sobre o apoio que ele deu para Smollett logo após o ator anunciar que tinha sido vítima de um ataque de ódio e homofóbico. "Eu estou para lá de envergonhado", revelou o produtor.

"Assim que o caso estourou, veio à minha memória momentos nos quais eu tive que correr de valentões. Tive relances da minha vida toda, da infância, da juventude, em que eu apanhei", justificou Daniels, que é negro e gay, assim como Smollett.

Daniels inseriu na história de Jamal algumas das próprias experiências de vida. Aos oito anos, o pai de Daniels o jogou na lata de lixo ao vê-lo andando com um salto alto. Na primeira temporada, em uma cena de flashback, Jamal também foi arremessado no lixo pelo pai, por se vestir de mulher.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook